Top 5: Filmes para comemorar o Dia dos Solteiros

Ficou triste por passar o Dia dos Namorados sozinha? Então trate de se animar porque chegou a sua vez de festejar. Neste sábado (15) comemora-se o Dia dos Solteiros. Sabe o que é mais curioso? É que não existe uma explicação para a origem da data. Tudo o que se sabe é que não tem nada mais justo do que homenagear os solteiros que existem por aí. Temos que concordar, não é mesmo? Para entrar no clima, separei alguns filmes estrelados por pessoas solitárias. Vamos conferir?

Hitch – Conselheiro Amoroso

hitch0

Dá para acreditar que este filme já tem 10 anos? Lembro de quando fui ver no cinema e gostei tanto que até comprei o DVD depois. O que tem de legal: um cara que se apresenta como um “doutor do amor”, disposto a fazer com que qualquer pessoa – inclusive as mais desastradas no quesito – sejam felizes em relacionamentos. Hitch, o personagem que dá origem ao nome do longa, tem a missão de ajudar um contador (que não chama atenção pelos atrativos físicos) a namorar uma socialite. A tarefa rende momentos engraçadíssimos e o mais bacana é que o próprio protagonista não sabe bem o que fazer quando se descobre apaixonado. Água com açúcar das mais gostosas, sabe?

Alta Fidelidade

tumblr_lgcrmytb3m1qfctj4o1_5002

Baseado no livro de Nick Hornby, fala sobre um dono de uma loja de discos mal humorado e que acabou de levar um pé na bunda da namorada. Sem ter muito o que fazer, ele conta com a ajuda de dois amigos para repensar todos os aspectos de sua vida, sempre embalado por trilhas sonoras. Para resumir, é um exercício de reflexão muito bacana que faz com que a gente também reavalie nossas escolhas e hábitos. Para quem gosta de música, então, é um prato feito. Fora que também tem episódios engraçadíssimos. Não por acaso, foi eleito um dos melhores filmes da década passada.

Ela

65_1

Já falei dele antes, no post com os melhores filmes de 2014 (na minha opinião, claro). Muita gente criticou, mas eu gostei justamente por mostrar até que ponto as pessoas chegam para não ficarem sozinhas. Para quem não sabe do que se trata, fala sobre um homem solitário com dificuldade para se relacionar com outras pessoas e que decide adquirir um programa que cria amigos virtuais. Só que ele acaba se apaixonando apenas pela voz desse programa e chega a se envolver em um romance. Mas aí fica a pergunta: será que essa atitude é válida? Vale mesmo fazer de tudo só para não ficar solteiro? Eu adorei exatamente por ser bastante reflexivo.

Se Beber, Não Case

19110425.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

O que acontece quando quatro amigos decidem comemorar uma despedida de solteiro em Las Vegas? Cenas dignas da melhor comédia dos últimos tempos. Não me lembro se já coloquei este filme em outro Top 5 aqui do blog, mas eu gosto tanto que não tinha como deixar de fora. Fui ver a primeira vez no cinema sem esperar muita coisa, mas ri tanto que precisei me segurar para não incomodar as outras pessoas da sala. E até hoje é a mesma coisa: dou risada nas mesmas partes, mesmo sabendo tudo o que vai acontecer. Nunca viu? Bom, aqui vai um resumo: depois de uma noite insana, os amigos acordam sem saber aonde está o noivo. E aí precisam se lembrar de tudo o que aconteceu para encontrá-lo.

A Rede Social

facebook

Vive conectada no Facebook? Então você sabe que quem criou a rede foi Mark Zuckerberg. Mas aposto que muita gente não sabe que ele só decidiu desenvolver o programa depois de levar um fora da namorada. Ele ficou tão transtornado que resolveu disponibilizar um sistema para vazar fotos de estudantes da universidade em que estudou. A ideia não foi muito bem aceita, mas ele transformou mais tarde em uma rede disponível para todos os universitários compartilharem informações, contatos. O resto da história a gente já conhece e pode ser acompanhada neste filme, que não é lá muito legal, mas dá para ter uma boa visão de uma ideia incrível que nasceu de um pé na bunda. Incrível, né?

6 alimentos para um efeito detox

fruit-detox

Quem tem acompanhado este blog com frequência sabe que o clima aqui já é de preparação para o verão que vem por aí. Teve post sobre as tendências de moda que estão bombando no verão do hemisfério norte e das razões para começar a ficar com o corpo em forma agora mesmo. A gente sabe, no entanto, que existe um cuidado fundamental para entrar de cabeça na próxima estação: a alimentação. O objetivo não é exagerar na dieta e muito menos passar fome, mas lembrar dos benefícios de um cardápio balanceado – o que não exclui aquela escapadinha de vez em quando, né? Afinal, somos humanas!

Por isso, criei uma listinha com seis alimentos superfáceis de encontrar e que prometem aquele efeito detox, ou seja, um resultado rápido. Ficou curiosa? Então vamos lá:

Maçã

folhas-de-maçã-nb4505

Vamos combinar: a maçã parece mesmo sem graça, não parece? Rola até uma preguiça na hora de comer. Pois está na hora de revermos os nossos conceitos. Isso porque a fruta oferece uma série de benefícios para a saúde. Por onde começar? Bom, ela protege os ossos, afasta o risco de doenças respiratórias e, adivinhem só, auxilia na perda de peso! Com o poder de desintoxicar o fígado e de reduzir os níveis de colesterol, ela é uma baita ajuda na missão de ficar com o corpo em forma (Viva!).

Couve

semente-couve-hibrida-manteiga-kobe-f1-1000-mx-201410031003181

Eu sei, você fez cara feia quando pensou na verdura. Eu também não sou muito fã (só consigo consumir se for bem misturadinha no suco verde), mas a couve é uma superamiga. Rica em fibras, causa a sensação de saciedade e ajuda a combater aquela vontade de comer algo gorduroso no meio da tarde por pura gula. O que mais? Ela também dá uma renovada na pele e filtra a gordura, fazendo com que a gente consiga eliminar tudo de ruim que comemos ao longo do dia. Ah, também controla o nosso humor. Ficar feliz é uma ajuda e tanto, não é mesmo?

Pepino

pepino

Outro que não agrada muito, mas que deve ser incluído no dia a dia porque contribui e muito para a nossa saúde. Em primeiro lugar, é pouco calórico e rico em água, ou seja, hidrata e ajuda no emagrecimento ao mesmo tempo. Ele também melhora o processo de digestão, controla o colesterol e… É ótimo para ressaca. Por ter açúcar e vitaminas, ajuda a repor os nutrientes perdidos após uma noite de excessos. Basta comer algumas fatias antes de dormir para acordar renovada.

Melancia

imagem_release_306899

Sou suspeita, gente! Adoro melancia, acho uma fruta tão gostosa e fresquinha. Além de ter um sabor bem doce, ela tem quase 90% de sua composição formada por água e contribui para hidratar o corpo todo. Também é um ótimo remédio para quem sofre de inchaços ou de problemas de circulação. E tem mais: ao contrário do que muita gente pensa, ela é pouco calórica (são só 20 calorias a cada 100 gramas) e rica em vitaminas, minerais e potássio. O resultado? Aquele empurrãozinho para te ajudar no Projeto Verão.

Chá verde

Cha-Verde-650

Você já deve ter escutado muitas coisas sobre o chá verde. Existe até uma discussão de especialistas para saber sobre os benefícios da bebida, mas já é comprovado que ele ajuda, sim, a regular a queima de gorduras. Esse efeito vem dos flavonoides, substâncias que atuam no sistema nervoso e contribuem para atingir o peso dos sonhos. Só tem um probleminha: o chá verde é rico em cafeína e não deve ser consumido próximo da hora de dormir porque pode atrapalhar na qualidade do sono, combinado?

Água

Dicas_Copo_Agua

Não dava para deixar a água de lado, não é? É o jeito mais fácil de manter todo o corpo hidratado e protegido. A pele também agradece, já que a água elimina toxinas e resulta em uma aparência mais saudável. Se a intenção é perder peso, aqui vai uma boa notícia: beber água gelada é um bom recurso para promover queima calórica. O consumo médio diário varia de acordo com a pessoa, mas vale consumir mesmo quando não tiver sede, ainda mais se o tempo estiver seco.

Mais uma vez, a dica é se sentir bem com o próprio corpo. Olhou para o espelho e gostou do resultado, mesmo não sendo aquele das capas de revista? Então se joga e aproveita a vida! 🙂

4 boybands dos anos 90/2000

Contei aqui no blog algumas vezes que minha adolescência foi marcada por boybands. Entre o final dos anos 90 e a primeira metade dos anos 2000, quase toda menina tinha um grupo preferido que era formado só por meninos. Tinham tantas bandas que às vezes até rolavam umas brigas para ver quais eram melhores. Mas eu sou suspeita porque sempre amei os da minha época e confesso: comprava os CDs de todos, era superfã, decorava as letras. Sempre gostei de todos, sem exceções!

O gênero fez tanto sucesso que recentemente voltou liderado pelos garotos do One Direction. As músicas deles tocam frequentemente nas rádios, mas que tal voltar no tempo e relembrar o que a gente gostava de ouvir lá atrás?

Backstreet Boys

anos90

BackstreetBoys-88okkkkkkkkkk

Recentemente, compartilhei aqui minha emoção ao ir no meu quarto show dos Backstreet Boys. Eles sempre foram os meus favoritos, em especial o Nick. Era tanto amor que fica até difícil explicar. O mais legal é que era tudo muito diferente naquela época: a gente ouvia o CD inteiro, do começo ao fim, e decorava até a posição das músicas (sempre fazia comentários do tipo: “Nossa, a música 7 é tão boa!”). Também éramos obrigadas a esperar pela data de estreia dos clipes na MTV, rolava toda uma expectativa! Contei um pouquinho da história deles no outro post, mas aqui vai um resumo: eles formaram o grupo há mais de 20 anos (sim, estamos velhas), tiveram uma pausa para seguirem carreiras solo, voltaram, o Kevin saiu logo depois e agora estão com a formação original de volta! E eles continuam em alta, viu? Estiveram em turnê no Brasil em junho e arrasaram corações. Não é para menos, né?

‘N Sync

nsync-justin-timberlake

25AF81FC00000578-0-Reuniting_NSync_have_hinted_that_they_are_reuniting_for_Sunday_s-m-84_1423954965446

Muito antes de se tornar um dos cantores mais conhecidos desta geração, Justin Timberlake era um garoto cheio de cachinhos e magrelinho que liderava o ‘N Sync. Sempre soube que eles eram os maiores rivais dos Backstreet Boys, mas não fazia ideia de que eles foram criados pelo mesmo empresário da outra boyband justamente para provocar essa rivalidade. Seja como for, eu gostava muito, mas achava que eles tinham um estilo mais puxado para o hip hop e o eletrônico. Era legal porque eles faziam mega produções nos clipes e nos shows. Um desses shows, inclusive, veio para o Rock in Rio de 2001 e eu estava lá, no auge dos meus 12 anos. O grupo durou até 2002, quando Justin resolveu se lançar como cantor solo, acabou o namoro com a Britney Spears e o resto da história a gente já sabe…

5ive

SNF30FIVE---_1480749a

five_eb_271112

Talvez muita gente não faça ideia de quem são esses caras aí das fotos, mas eles faziam muito sucesso nos anos 2000. Os ingleses do 5ive tinham uma pegada pop, assim como os outros, mas colocavam umas influências de rock e eletrônico e o som era bem legal. Eu adorava que os CDs tinham váááárias faixas e algumas escondidas, então quase ninguém conhecia. Eles também vieram ao Rock in Rio de 2001 e eu estava lá, fazendo as coreografias e tudo mais! O grupo acabou bem no auge, no final de 2001, e tentou algumas voltas, mas sem muito sucesso. Eles até continuaram a fazer alguns shows como quarteto – J, o que tinha a voz mais marcante, saiu em 2007, e nunca mais voltou!

Westlife

westlife2000

Sem título

Essa era a mais desconhecida, mas eu AMAVA de verdade! Os irlandeses do Westlife eram os mais românticos da época e tinham músicas bem melosinhas, daquelas que faziam a gente chorar achando que a vida era difícil. Os clipes eram bem dramáticos, com castelos, penhascos, cavalos… enfim, tudo bem brega e legal ao mesmo tempo. Os CDs também eram bem longos, mas eu decorava todas as músicas e tentava convencer minhas amigas a ouvirem também. Tenho, inclusive, até hoje um DVD com um show deles no auge da banda. Em 2004, Brian saiu da banda para se dedicar aos cuidados com a filha, mas os outros integrantes seguiram firmes e fortes até 2011, quando optaram pelo fim total do grupo.

Tinham outras boybands que faziam sucesso na época, mas essas eram as minhas favoritas. Quem mais curtia o som dos meninos?

Por dentro da coleção Lolitta para C&A

lolitta-para-cea

Alguém aí estava sentindo falta das coleções da C&A elaboradas em parceria com grifes famosas? Pois depois de um período reservado para as liquidações de meio de ano, a fast fashion voltou com tudo e lança nesta terça (11) uma collection com a Lolitta, marca top da estilista Lolita Hannud e conhecida por vestir celebs e bloggers baladas em todo o Brasil.

Quem conhece, sabe que a designer adora criar peças de tricô em jacquard e bandagens que valorizam as curvas do corpo feminino. Resumindo: são looks que favorecem meninas que estão com o corpo em dia. Para esta série, ela apostou na mesma padronagem que faz muito sucesso e trouxe muitos recortes e estampas geométricas, gráficas e listradas. Além disso, tem peças lisas e rendadas. Tudo bem delicado e moderno ao mesmo tempo, sabem?

IMG_4123

Os vestidos são o ponto alto da coleção. O preço que não é lá muito agradável: os listrados estão a partir de R$ 299

Como eu sou muito ansiosa, aproveitei que a coleção foi lançada antecipadamente aqui em São Paulo e fui conferir antes. O que dá para afirmar é que a collection vai ser sucesso absoluto. Estava uma loucura, com muitas mulheres cheias de vontade de pegar tudo. O caos era tão grande que tinha fila no provador e algumas experimentavam no corredor mesmo (imaginem a situação)

IMG_5295[1]IMG_5291[1]

Na verdade, tudo é tão lindo que até justifica essa loucura toda. O que eu mais gostei é que a paleta de cores é bem feminina, alegre e a cara do verão que vem chegando por aí. Tem muita coisa em rosa clarinho, branco, nude, vermelho e verde, além dos clássicos preto e branco. Fora que as peças são superversáteis, dá para usar em qualquer ocasião, até mesmo no trabalho (as calças flare são maravilhosas para quem trabalha em ambiente mais formal).

São milhares de opções de blusinhas, saias – as skaters são fofíssimas -, camisas, jeans, jaquetas e acessórios como bolsas, sapatos e brincos. Os tecidos também são maravilhosos com destaque para as malhas e o couro. Por falar nisso, estava morrendo de medo de não conseguir entrar nos vestidos ou então de ficar com o corpo todo marcado, mas vestiu tão bem, gente… Difícil mesmo foi decidir o que levar. Aqui estão minhas escolhas:

IMG_5319[1] IMG_5322[1]

Vestido geométrico mais sequinho em cima e rodado embaixo e conjunto de blusinha laranja e saia skater

A collection está disponível em 43 lojas da C&A, mas também dá para comprar pelo site. Para deixar todo mundo na vontade, aqui estão algumas peças lindas:

lolitta-cea13

lolitta-cea3

Lollita-blazer

Curtiram? Agora é só correr para garantir as peças desejadas antes que elas se esgotem! 😉

Vantagens do curso de automaquiagem da Contém1g Perdizes

IMG_5330[1]

Vocês já devem ter percebido que eu tenho falado com frequência da Contém1g Perdizes. É que eu sou tão bem atendida quando vou lá que volto para casa cheia de vontade de postar minhas descobertas aqui no blog. A mais recente foi o curso de automaquiagem que elas promovem lá mesmo na loja. Por mais que a gente pense que sabe tudo de maquiagem, a verdade é que sempre temos uma dificuldade aqui ou uma dúvida ali. E muitas vezes não adianta pesquisar ou ver tutoriais no Youtube. Não tem nada, nada mesmo, que seja melhor do que alguém ali do seu lado para te ajudar a caprichar na make.

A Contém1g Perdizes disponibiliza vários módulos de curso, desde iniciante até avançado. Eu já tinha feito um mais básico, então desta vez optei por uma aula focada em olhos. Não sei vocês, mas a minha maior dúvida era fazer aquele esfumado perfeitinho, sem exageros ou borrões. Em pouco mais de uma hora de curso, aprendi não só a esfumar como tive várias dicas para aplicar em todo o rosto.

O mais bacana é que o curso começa desde a preparação da pele. Então, a gente aprende a hidratar e tonificar o rosto antes de passar base, pó e corretivo. Duas coisas que aprendi logo de cara: tenho que deixar a mão mais leve na hora de segurar o pincel (alguém mais descarrega toda a tensão nos dedos?) e me concentrar mais no que estou fazendo. E também descobri que as sobrancelhas precisam ser muito cuidadas, afinal, elas fazem um papel muito importante para destacar nosso olhar, não é mesmo?

IMG_5336[1] IMG_5339[1]

Outra coisa que eu gostei muito no curso é que você coloca a mão na massa – ou melhor, na make – o tempo todo. A maquiadora fica do seu lado para te ajudar a acertar na aplicação e na dose, mas é você quem faz tudo. Assim, consegue aprender melhor a se maquiar. Esse cuidado faz toda a diferença!

Quanto ao olho esfumado, que eu tinha muitas dificuldades, é mais simples do que eu pensava. Meu problema é que eu sempre tentava fazer o desenho com sombra preta e nunca chegava no resultado esperado. Olha só que dica bacana que me deram: começar com uma sombra marrom, que deixa o rosto mais leve, e forçar o esfumado no côncavo. Contei aqui que eu tenho certo pânico de usar o delineador, mas uma opção incrível que me deram é utilizar o lápis e fazer um traço bem fininho rente aos cílios. Fácil, né?

Por falar nisso, outra dica que eu amei é o truque para olhos pequenos, como os meus. Sempre teimei em passar lápis preto em toda a linha d’água e isso, adivinhem só, deixa os olhos ainda menores. O que fazer? Aplicar lápis cor de pele na região e um traço preto logo embaixo só até o centro do olho. Levei esse ensinamento para a vida, gente! Nunca mais vou deixar de usar!

Claro que aprendi muitas outras coisas, como passar iluminador na parte central acima da boca (conhecida como coração) para destacar o batom. Mas o legal mesmo é que tudo é feito de forma personalizada, então cada aluna tem a chance de descobrir o que é melhor para o seu tipo de rosto, tom de pele e por aí vai. E o bacana é que a gente ganha um fascículo no final do curso para praticar em casa. Porque esse é o conselho mais valioso: treinar todos os dias. Mesmo. Só assim para nunca mais esquecer!

O resultado ficou incrível e o mais legal é pensar que fui eu que fiz:

IMG_5331[1] IMG_5332[1]

Gostou da ideia? Então que tal mais um incentivo para fazer agora mesmo? O curso tem um valor de investimento de R$ 100, mas em compras acima de R$ 150 na Contém1g Perdizes, você ganha um módulo! Bom, né? O melhor é que vale para a vida toda, afinal, você nunca mais vai se maquiar da mesma forma. E, claro, dá para fazer todos os módulos e ficar ainda mais expert em make! Eu recomendo para todo mundo e não vejo a hora de fazer o próximo! 😉

E tem mais: leitoras do blog têm 10% de desconto em compras na Contém1g Perdizes! É só apresentar a senha “FIKDIK Blog” para arrasar por lá! A Contém1g Perdizes fica na Rua Cardoso de Almeida, 731, esquina com a Rua Dr. Homem de Melo. Difícil mesmo é controlar a vontade de querer levar tudo! 

Top 5 – Livros para comemorar o Dia dos Pais

Chega o finzinho de julho e a gente já começa a ver algumas propagandas temáticas na televisão. As vitrines das lojas também já começam a se preparar para uma data muito especial: o Dia dos Pais. Aqui no Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto, mas, nos Estados Unidos e na Europa, a celebração acontece no terceiro domingo de junho.

Sempre estranhei essa diferença, afinal, o Dia das Mães acontece no mesmo dia em muitos países. Fiz algumas pesquisas e descobri que a comemoração em junho tem a ver com o dia de São José, pai de Jesus Cristo. No Brasil, o mês de agosto está relacionado ao dia de São Joaquim, pai de Maria e, consequente, avô de Jesus.

Seja como for, o Dia dos Pais é o momento perfeito para ficar ao lado daquela pessoa tão importante para nós, que ajuda a formar nossos valores todos os dias. Aqui no blog, datas especiais também são comemoradas em formas de listas. No ano passado, trouxe cinco personagens que foram pais em filmes famosos. Desta vez, selecionei pais de livros conhecidos e que ocupam um lugar muito especial no nosso coração. Vamos conferir o Top 5?

Charlie Swan (Saga Crepúsculo)

Crepúsculo_livro

Assim que pensei nesta lista, lembrei do pai da Bella, a mocinha dos livros da Saga Crepúsculo. Não sou muito fã da história, mas li todas as partes e sempre tive um carinho pelo personagem. Apesar de ter um jeito durão, ele faz de tudo para ver a filha feliz. Vamos aos fatos? Oferece um carro, arruma um quarto aconchegante, aceita o namoro dela com um cara meio esquisito e ainda aceita o casamento dela com esse mesmo rapaz. Quem conhece todos os detalhes da saga percebeu que, no fim, ele suspeitou da verdade e não falou nada, mas ficou lá firme, forte e fofo ao lado da família. Não por acaso, é o meu personagem favorito de todos da história. É como se ele fosse o nosso pai, sabem?

Steve Miller (A Última Música)

AUltimaMusica_capa

Sempre recorro aos livros do Nicholas Sparks porque, apesar de seguirem sempre a mesma fórmula, apresentam ótimos personagens coadjuvantes. É graças ao Steve que o enredo de A Última Música se desenrola. Afinal, é ele que recebe os filhos – entre eles, a protagonista Ronnie (vivida por Miley Cyrus no filme, quando ainda era uma mocinha jovem e angelical) – para passar uma temporada de férias. Ele é fofo do começo ao fim, mas Ronnie não o aceita muito bem no início, enquanto seu irmão adora brincar com o pai. Steve faz a gente rir e se encantar, mas principalmente chorar. E quando digo chorar, é chorar muito. Talvez seja por isso que ele tenha me marcado tanto.

Phillipe Rinaldi (O Diário da Princesa)

download

Jamais poderia deixar de fora a série de livros mais incrível que eu já li na vida e que marcou minha adolescência/começo de vida adulta. Sim, amigas, estamos falando de O Diário da Princesa. Nos filmes, o pai da minha querida Mia está morto, mas nos livros (que, aliás, são mil vezes melhores do que os filmes) ele está mais vivo do que nunca. Ok, ele não é lá muito presente, mas rende momentos engraçadíssimos. Quem leu sabe que ele sempre se mete em confusão porque resolve arrumar uma namorada nova, que quase sempre é uma jornalista ou modelo bonitona. O príncipe Phillipe também deixa sua mãe, a Rainha Clarisse, de cabelo em pé. Só de escrever já sinto saudade dos livros. Recentemente, a autora Meg Cabot disse que está trabalhando na continuação da série. Será? Nossos corações agradecem!

Papai Walsh (Melancia, Férias, Los Angeles, Tem Alguém Aí e Chá de Sumiço)

Download-Los-Angeles-Marian-Keyes-em-ePUB-mobi-e-PDF

Já disse aqui algumas vezes que sou completamente apaixonada pela família Walsh, retratada em alguns livros da escritora Marian Keyes. Cada uma das cinco filhas tem o seu próprio livro (citados aqui em cima) e até a hilária Mamãe Walsh ganhou seu livro no finalzinho do ano passado. Apesar disso, sinto falta de um livro sobre o único homem desse clã, que também é responsável por muitos momentos engraçados. Na minha opinião, o livro em que está mais inspirado é Los Angeles. Lembro de uma passagem em que ele e toda a turma vão visitar a filha Maggie nos Estados Unidos e todos decidem conhecer a Disneyland. Papai é orientado a tomar cuidado porque quebrou o braço da última vez em um brinquedo. Adivinhem como ele volta desse segundo passeio? Sim, com o braço quebrado na mesma atração. Uma figura!

Bill Tyree (Querido John)

Querido-John

Aqui está mais um exemplo de personagens pais dos livros do Nicholas Sparks. Só que, ao contrário de Steve, Bill não tem uma relação boa com o filho John, protagonista da história. Na parte inicial do livro, ele é retratado como um senhor introspectivo, cheio de rotinas e horários e apegado a uma coleção de moedas. Mais tarde, descobrimos que esses comportamentos são uma forma de autismo e John se dedica a cuidar dele, o que faz com que se reaproximem. Esse foi o primeiro livro do Nicholas que eu li e na época gostei muito. Hoje percebo que talvez seja um dos mais fracos em termos de história. O que se salva mesmo é justamente essa relação do protagonista com o pai.

Seja qual for a escolha, o mais importante é aproveitar o domingo ao lado do seu pai. Feliz Dia dos Pais! 🙂

5 motivos para começar o Projeto Verão agora

tenis-de-corrida-verao-2014

Todo ano é a mesma história. Chega setembro ou outubro e nós começamos a ficar desesperadas para ficar com o corpo em dia e aproveitar o verão sem neuras. Prometemos que vamos à academia todos os dias e decidimos banir doces da nossa vida até o Natal – muito embora a gente saiba que isso quase nunca acontece.

O famoso Projeto Verão, que ficou ainda mais em evidência com o boom das redes sociais, causa muito mais pique durante a primavera, mas começá-lo no inverno (mais precisamente AGORA) tem suas vantagens. Pode parecer ansiedade, só que a chance de ter bons resultados é maior. Por quê? Bom, por conta de cinco fatores que eu explico a seguir:

Disposição

mulher-malhar-musuclacao-dor2

Ok, ir à academia no frio dá muita preguiça. Mas, como disse no post sobre as vantagens do inverno, treinar nesta época é muito melhor porque o metabolismo acelera para manter a temperatura corporal. Com isso, a queima de calorias é beeem maior. Isso significa que os resultados aparecerão mais rápidos e você se sentirá mais motivada para cumprir a promessa de mexer o corpo todos os dias. E isso não vale só para academia, viu? Qualquer esporte e modalidade valem. É só procurar aquele que te dá mais prazer.

Planejamento

images

Com cinco meses de antecedência para a chegada do calor, dá para organizar melhor o seu Projeto Verão. Que tal planejar metas para cada mês com base no que você deseja conquistar? Pode ser uma estimativa de quantos quilos pretende perder ou um incentivo para adotar de vez um estilo de vida mais saudável. E, claro, tudo sem desespero. Ninguém precisa de um treino pesadíssimo na academia se dá para obter o mesmo resultado a longo prazo. Ter calma é essencial, combinado?

Esqueça a culpa

Aqui entra o peso terrível na consciência quando a gente não vai à academia ou come mais do que pretende. É horrível, não é? Pois essa é uma grande vantagem de quem começa a focar no verão agora. Como ainda tem um tempinho, dá para aceitar o convite dos amigos e jantar algo mais calórico. Afinal, é tranquilo para compensar depois. E se perder uma aula de spinning hoje, dá para repor amanhã. Lógico que temos que ter o cuidado para não transformar esses hábitos em rotina, mas fica tudo melhor quando a culpa não existe.

Mais tempo para comemorar os resultados

images (1)

Quando temos pressa, queremos emagrecer a qualquer custo e ver os resultados com mais rapidez. O problema é que quase sempre essa conquista se transforma em uma luta diária. Temos pouco tempo para eliminar calorias e a balança nem sempre colabora. Aí vem a irritação, o peso na consciência e o excesso de treino pesado. Eis outra grande vantagem: com muitos meses de antecedência, dá para emagrecer mais devagar (que é a maneira mais correta) e conquistar cada quilo perdido. Bom, né?

Autoestima

images (2)

Mais do que uma questão de vaidade, emagrecer apresenta inúmeros benefícios para a saúde. Todo mundo sabe que estar em dia com a balança afasta o risco de doenças e ajuda a manter o corpo mais protegido e saudável. Mas a melhor vantagem, para mim, é a autoestima. Nós nos sentimos tão bem quando conseguimos perder aqueles quilinhos a mais, não é mesmo? O ânimo muda, a felicidade aumenta, o humor melhora e a vontade é sair por aí com o novo corpo . Vale até prometer para si mesma um banho de loja, afinal, muitas roupas serão perdidas com essa mudança física.

Por fim, é importante lembrar que a velha história do peso ideal não existe. O que importa mesmo é se sentir feliz com o próprio corpo e, se não estiver contente, correr atrás do objetivo 🙂