6 alimentos para um efeito detox

fruit-detox

Quem tem acompanhado este blog com frequência sabe que o clima aqui já é de preparação para o verão que vem por aí. Teve post sobre as tendências de moda que estão bombando no verão do hemisfério norte e das razões para começar a ficar com o corpo em forma agora mesmo. A gente sabe, no entanto, que existe um cuidado fundamental para entrar de cabeça na próxima estação: a alimentação. O objetivo não é exagerar na dieta e muito menos passar fome, mas lembrar dos benefícios de um cardápio balanceado – o que não exclui aquela escapadinha de vez em quando, né? Afinal, somos humanas!

Por isso, criei uma listinha com seis alimentos superfáceis de encontrar e que prometem aquele efeito detox, ou seja, um resultado rápido. Ficou curiosa? Então vamos lá:

Maçã

folhas-de-maçã-nb4505

Vamos combinar: a maçã parece mesmo sem graça, não parece? Rola até uma preguiça na hora de comer. Pois está na hora de revermos os nossos conceitos. Isso porque a fruta oferece uma série de benefícios para a saúde. Por onde começar? Bom, ela protege os ossos, afasta o risco de doenças respiratórias e, adivinhem só, auxilia na perda de peso! Com o poder de desintoxicar o fígado e de reduzir os níveis de colesterol, ela é uma baita ajuda na missão de ficar com o corpo em forma (Viva!).

Couve

semente-couve-hibrida-manteiga-kobe-f1-1000-mx-201410031003181

Eu sei, você fez cara feia quando pensou na verdura. Eu também não sou muito fã (só consigo consumir se for bem misturadinha no suco verde), mas a couve é uma superamiga. Rica em fibras, causa a sensação de saciedade e ajuda a combater aquela vontade de comer algo gorduroso no meio da tarde por pura gula. O que mais? Ela também dá uma renovada na pele e filtra a gordura, fazendo com que a gente consiga eliminar tudo de ruim que comemos ao longo do dia. Ah, também controla o nosso humor. Ficar feliz é uma ajuda e tanto, não é mesmo?

Pepino

pepino

Outro que não agrada muito, mas que deve ser incluído no dia a dia porque contribui e muito para a nossa saúde. Em primeiro lugar, é pouco calórico e rico em água, ou seja, hidrata e ajuda no emagrecimento ao mesmo tempo. Ele também melhora o processo de digestão, controla o colesterol e… É ótimo para ressaca. Por ter açúcar e vitaminas, ajuda a repor os nutrientes perdidos após uma noite de excessos. Basta comer algumas fatias antes de dormir para acordar renovada.

Melancia

imagem_release_306899

Sou suspeita, gente! Adoro melancia, acho uma fruta tão gostosa e fresquinha. Além de ter um sabor bem doce, ela tem quase 90% de sua composição formada por água e contribui para hidratar o corpo todo. Também é um ótimo remédio para quem sofre de inchaços ou de problemas de circulação. E tem mais: ao contrário do que muita gente pensa, ela é pouco calórica (são só 20 calorias a cada 100 gramas) e rica em vitaminas, minerais e potássio. O resultado? Aquele empurrãozinho para te ajudar no Projeto Verão.

Chá verde

Cha-Verde-650

Você já deve ter escutado muitas coisas sobre o chá verde. Existe até uma discussão de especialistas para saber sobre os benefícios da bebida, mas já é comprovado que ele ajuda, sim, a regular a queima de gorduras. Esse efeito vem dos flavonoides, substâncias que atuam no sistema nervoso e contribuem para atingir o peso dos sonhos. Só tem um probleminha: o chá verde é rico em cafeína e não deve ser consumido próximo da hora de dormir porque pode atrapalhar na qualidade do sono, combinado?

Água

Dicas_Copo_Agua

Não dava para deixar a água de lado, não é? É o jeito mais fácil de manter todo o corpo hidratado e protegido. A pele também agradece, já que a água elimina toxinas e resulta em uma aparência mais saudável. Se a intenção é perder peso, aqui vai uma boa notícia: beber água gelada é um bom recurso para promover queima calórica. O consumo médio diário varia de acordo com a pessoa, mas vale consumir mesmo quando não tiver sede, ainda mais se o tempo estiver seco.

Mais uma vez, a dica é se sentir bem com o próprio corpo. Olhou para o espelho e gostou do resultado, mesmo não sendo aquele das capas de revista? Então se joga e aproveita a vida! 🙂

5 motivos para começar o Projeto Verão agora

tenis-de-corrida-verao-2014

Todo ano é a mesma história. Chega setembro ou outubro e nós começamos a ficar desesperadas para ficar com o corpo em dia e aproveitar o verão sem neuras. Prometemos que vamos à academia todos os dias e decidimos banir doces da nossa vida até o Natal – muito embora a gente saiba que isso quase nunca acontece.

O famoso Projeto Verão, que ficou ainda mais em evidência com o boom das redes sociais, causa muito mais pique durante a primavera, mas começá-lo no inverno (mais precisamente AGORA) tem suas vantagens. Pode parecer ansiedade, só que a chance de ter bons resultados é maior. Por quê? Bom, por conta de cinco fatores que eu explico a seguir:

Disposição

mulher-malhar-musuclacao-dor2

Ok, ir à academia no frio dá muita preguiça. Mas, como disse no post sobre as vantagens do inverno, treinar nesta época é muito melhor porque o metabolismo acelera para manter a temperatura corporal. Com isso, a queima de calorias é beeem maior. Isso significa que os resultados aparecerão mais rápidos e você se sentirá mais motivada para cumprir a promessa de mexer o corpo todos os dias. E isso não vale só para academia, viu? Qualquer esporte e modalidade valem. É só procurar aquele que te dá mais prazer.

Planejamento

images

Com cinco meses de antecedência para a chegada do calor, dá para organizar melhor o seu Projeto Verão. Que tal planejar metas para cada mês com base no que você deseja conquistar? Pode ser uma estimativa de quantos quilos pretende perder ou um incentivo para adotar de vez um estilo de vida mais saudável. E, claro, tudo sem desespero. Ninguém precisa de um treino pesadíssimo na academia se dá para obter o mesmo resultado a longo prazo. Ter calma é essencial, combinado?

Esqueça a culpa

Aqui entra o peso terrível na consciência quando a gente não vai à academia ou come mais do que pretende. É horrível, não é? Pois essa é uma grande vantagem de quem começa a focar no verão agora. Como ainda tem um tempinho, dá para aceitar o convite dos amigos e jantar algo mais calórico. Afinal, é tranquilo para compensar depois. E se perder uma aula de spinning hoje, dá para repor amanhã. Lógico que temos que ter o cuidado para não transformar esses hábitos em rotina, mas fica tudo melhor quando a culpa não existe.

Mais tempo para comemorar os resultados

images (1)

Quando temos pressa, queremos emagrecer a qualquer custo e ver os resultados com mais rapidez. O problema é que quase sempre essa conquista se transforma em uma luta diária. Temos pouco tempo para eliminar calorias e a balança nem sempre colabora. Aí vem a irritação, o peso na consciência e o excesso de treino pesado. Eis outra grande vantagem: com muitos meses de antecedência, dá para emagrecer mais devagar (que é a maneira mais correta) e conquistar cada quilo perdido. Bom, né?

Autoestima

images (2)

Mais do que uma questão de vaidade, emagrecer apresenta inúmeros benefícios para a saúde. Todo mundo sabe que estar em dia com a balança afasta o risco de doenças e ajuda a manter o corpo mais protegido e saudável. Mas a melhor vantagem, para mim, é a autoestima. Nós nos sentimos tão bem quando conseguimos perder aqueles quilinhos a mais, não é mesmo? O ânimo muda, a felicidade aumenta, o humor melhora e a vontade é sair por aí com o novo corpo . Vale até prometer para si mesma um banho de loja, afinal, muitas roupas serão perdidas com essa mudança física.

Por fim, é importante lembrar que a velha história do peso ideal não existe. O que importa mesmo é se sentir feliz com o próprio corpo e, se não estiver contente, correr atrás do objetivo 🙂

6 Tendências de verão para ficar de olho

Parece estranho pensar no verão quando estamos em pleno inverno, não é? Pois saiba que enquanto nós estamos tirando as botas e os casacos do armário, nossas amigas que moram nos Estados Unidos, na Europa e em outras regiões do hemisfério norte estão curtindo o calorão.

Para as amantes do mundo fashion, é hora de acompanhar todos os looks que estão bombando por lá e começar a se preparar para o que será febre por aqui nos próximos meses. O que dá para concluir é que o próximo verão será bem democrático, ou seja, estará aberto para todos os estilos. Que tal dar uma olhada nas peças que serão peças-chave da próxima estação?

Vestidos-camisão

vestido-jeans-camisa-jeans-camiso-jeans-importado-14071-MLB4360849664_052013-O

O nome é engraçado, mas é exatamente o que você está pensando: transformar uma camisa velha ou larga em vestido. Essa tendência pega carona no estilo boyish que está fazendo sucesso nesta temporada e propõe dar um ar fashion para a camisa de alfaiataria. O ideal é utilizar uma camisa em cor mais clara e tecido leve (vale até pegar a do namorado), dobrar as mangas e dar um ar feminino com um cintinho amarrado na cintura. O melhor da peça é que é econômica, afinal, todas nós temos uma camisa velha no fundo do armário.

Mochila

072013-elizabeth-keene-pink-backpack-manhattan-beach-fashion-blogger-summer-looks-crochet-pink-backpack-white-denim-shorts-9830

Lembra das mochilinhas de couro e lona que faziam sucesso na década de 90? Elas voltaram com força total. Eu mesma comprovei que este é O item do momento. Todas as meninas possuem mochilas com estampas fofas e coloridas. O toque do verão e de modernidade é justamente esse: misturar o couro com listras, cores abertas, rendas e outros detalhes que ajudam a dar mais personalidade para a peça. Lá fora era muito fácil de encontrar e quase todas as lojas vendiam algumas opções. Fiquei tentada a comprar uma, quem sabe nos próximos meses…

Cabelos coloridos

4-Main12

Essa é outra tendência que eu percebi durante a minha viagem de férias. Muitas meninas – de qualquer idade, inclusive as mais velhas – tinham os cabelos totalmente coloridos ou algumas mechas chamativas. O bacana é que algumas faziam questão de misturar tons como rosa e roxo e o resultado era lindo de verdade. Esse estilo com certeza vai pegar por aqui. Mas vale lembrar que só combina com pessoas que tenham essa atitude e que trabalhem em locais mais informais.

Pantacourt

7684304e3e71fa5e5d4768f758a69f7d

Você certamente já ouviu falar sobre essa peça, que virou febre neste inverno. Trata-se de uma versão curta da Pantalona (daí o nome). É um tipo de bermudão, com caimento um pouco abaixo dos joelhos e barras largas. Neste inverno, a peça apareceu em tecidos pesados como couro. A ideia é que ela seja usada em tons neutros e leves no verão. Vale lembrar que a pantacourt tem atitude de sobra, por isso, é preciso ter estilo para saber combiná-la com o restante do look.

Top cropped

images

Confesso que não sou a maior das fãs dos croppeds e sempre relutei em usar, mas, de uns tempos para cá, comecei a olhar para eles de outra forma. Acho que a peça até vale em pessoas com o corpo em dia e em determinadas situações. E não tem jeito: eles vieram para ficar e não vão embora tão cedo. Pelo menos foi o que vi nas araras das lojas norte-americanas. É muito cropped para pouca roupa “normal”. Ou seja, o jeito é treinar muito para ficar em forma e se acostumar a usar os famosos tops. E aqui vai mais uma confissão: comprei dois tops croppeds e ainda não usei, mas estou louca para que isso aconteça!

Total branco

b1d3ceab76949d861d98a015fcc96578

Já faz um tempo que a gente vê a força do branco. Se antes era visto como uma cor sem graça, hoje ganhou ar cool e sofisticado. Muitas fashionistas pegaram carona na tendência e usam e abusam de looks totalmente brancos. Quer clima melhor para aderir ao estilo do que o calor do verão? É a temporada perfeita para usar roupas leves e fresquinhas. O melhor de tudo é que a gente sempre tem uma camiseta branca no fundo do armário, então já dá para começar a testar as produções em casa.

Enquanto o verão não chega, a dica é caprichar nos looks de inverno e buscar inspirações para se preparar para os próximos meses.

9 peças que você usou muito neste verão

Por mais que a gente ame o verão e o clima de alegria que vem com ele, é hora de dizer tchau. Faltam apenas alguns dias para o calor dar lugar ao outono. Enquanto o friozinho não chega, que tal relembrar o que foi moda nos últimos três meses?  Teve tanta coisa linda (e outras um pouco bregas, devemos admitir) que eu já estou com aquela dorzinha no coração de quem odeia despedidas. Dá só uma olhada:

Biquíni de neoprene

biquini-praia-neon-push-up-top-tipo-neoprene-bojo-tam-m-g-20283-MLB20187057512_102014-F

Lá atrás, em outubro, já ouvia falar sobre os biquínis feitos com neoprene, aquele tecido muito usado por surfistas que ajuda a manter a temperatura do corpo debaixo d’água. Foi paixão à primeira vista. Fiquei apaixonada pelo visual retrô com vibe de bonequinha e estava prestes a comprar um, quando me lembrei daquela lista que fiz com as peças que eram febre e caíram em desuso. Hoje a gente acha os biquínis lindos, mas ele tem um gosto um pouco duvidoso, vai? Tenho certeza de que ninguém mais vai usar no próximo verão.

Mesmo assim, as famosas estão desfilando por aí com suas versões. A marca mais famosa é a Triangl. Por ser australiana, o preço é bem absurdo (gira em torno de US$ 300). No entanto, existem outras opções genéricas e mais baratinhas por aí. Eu estou firme e forte na tentativa de não comprar.

Biquíni de coração

Quais-são-os-modelos-de-biquínis-que-levantam-o-bumbum

No verão passado, a gente já vi algumas mulheres usando biquínis em que a parte de baixo era franzidinha no lado de trás, recurso que ficou conhecido por levantar e valorizar o bumbum. Neste ano, a moda pegou com tudo e é quase impossível ir à praia ou à piscina sem esbarrar em um modelo do tipo coração.

Acho superfofo, delicado e ultrafeminino, mas é uma peça complicada. Como chama atenção para o quadril, não pode ser usado por mulheres do tipo pêra ou com coxas grossas e gordurinhas a mais. Resumindo: algo só para quem está com o corpo em dia.

Óculos espelhados

look-do-dia-short-jeans-destroyed-jeans-cinto-de-fivela-com-pedras-blusa-laranja-scarpin-bordado-flores-etnico-tutti-boutique-ribeir-15

Já falei deles neste post, lembra? Pouco antes de o verão entrar de vez no calendário brasileiro, a gente já sabia que os óculos do momento seriam os espelhados. O que ninguém imaginava era o tamanho do sucesso que eles fariam. Encontrados em diversos modelos e em várias cores de lente, é do tipo que caiu no gosto das mulheres. Todas que são ligadas em moda desfilaram por aí com suas armações preferidas.

É aquele caso típico de uma peça – ou acessório – que parece estranho, mas fica lindo conforme vira febre. E do tipo que vicia: já me peguei várias vezes vendo sites que vendem os óculos e escolhendo qual combina mais comigo. Mas não, ainda não comprei porque acho que terá o mesmo destino dos biquínis de neoprene.

Quimono

ThassiaNaves_porHickDuarte-011-copy-de-iorane

Outra tendência que eu adiantei aqui. Sou suspeitíssima para falar algo porque acabei completamente apaixonada por essa peça. Parece algo complexo de se usar, mas a verdade é que é uma opção versátil e responsável por dar um “up” na produção. Os estampados e floridos, então, são tão lindos que dá vontade de não tirar mais.

Quando comprei o meu, confesso que fiquei com uma pulguinha atrás da orelha. Será que eu usaria tanto assim? Será que me sentiria bem? E hoje respondo sim com gosto para as duas perguntas. Uso meu quimono para trabalhar e sair. Só falta levar para a praia.

 

 

Tops e saias de crochê

blog4

Quem diria que o crochê, tão mal visto nas décadas passadas, teria seu retorno triunfal em 2015. Antes considerado algo brega e inadequado, foi colocado em destaque graças à tendência da moda natural, com tecidos e roupas cada vez mais artesanais. E, olha, nós fazíamos cara feia, mas hoje somos obrigadas a concordar: o crochê é realmente a cara do verão.

Sabe o bom e (já) velho top cropped? Que tal dar uma nova cara e usar um modelo feito com crochê? A dica é optar pelos modelos que mostrem uma faixa da barriga com frente única, ou seja, que deixem as costas em evidência. Outra ideia é apostar em saias longas e transparentes abaixo do joelho. Para mais ousadas, vale sair com as duas peças ao mesmo tempo. Só não se esqueça de que é preciso estar em dia com a balança.

Coroa de flores

star5

Taí um acessório que começou a bombar em 2013, graças à cantora Lana Del Rey, e conseguiu prolongar sua fama neste verão. A quantidade de mulheres que aderiram ao visual na noite de ano novo foi tão grande que as coroas de flores passaram a ser aceitas em qualquer ocasião ao ar livre, desde o final de semana na praia até a pool party com os amigos.

Mas é bom lembrar que é um acessório complicado que pede muito (muito mesmo) estilo. Ou seja, para mostrar seu lado havaiana, é importante combinar com roupas bem leves e soltinhas, sem estampas ou qualquer outro detalhe que brigue com a coroa.

Chapéu floppy

blake-lively

O famoso chapéu de abas moles e amplas ganhou nossos corações no último inverno, lembra? Na época, ele era visto em cores típicas do frio, como preto, cinza e vermelho, e carregava todo o ar chique e elegante da estação. Consumista assumida que sou, quase comprei um, mas acabei deixando de lado por achar que não iria usar.

Pois bem, eis que o floppy superou a barreira das temperaturas e ganhou versão fresh para também invadir o verão. Fabricados com palha e outros tecidos naturais, o chapéu agora tem tons de bege e branco e faz toda a diferença na hora de montar o look de praia. Sucesso, né?

Pulseirismo

ca05b361543e10e8482d32f2cca6a0b8

Quem disse que não é permitido usar acessórios na hora de refrescar? A ordem deste verão era investir ao máximo nesses detalhes, principalmente em pulseiras. Dúvidas na hora de escolher o modelo? As artesanais (sim, aquelas que a gente compra em barraquinhas e feirinhas) ocupavam lugar de destaque e deram uma abertura para o estilo folk, que promete bombar nos próximos meses. O mais bacana era misturar pulseirinhas de cores e estilos diferentes para causar um efeito colorido e divertido.

 

 

 

Flash tattoos

Flash Tattoos 13

No início dos anos 2000, era comum sair por aí com uma espécie de tatuagem feita com pedrinhas de strass e formatos fofos como coração e estrela. Era tão brega, mas eu, no auge da minha pré-adolescência, achava o máximo sair por aí com um adesivo colado em volta do umbigo.

Não é que o recurso voltou, gente? Agora o acessório atende pelo nome de flash tattoos e apresenta desenhos semelhantes a pulseiras e colares com cores que imitam ouro, prata e bronze. O resultado é uma biju instantânea que carrega um ar barroco. Pode até ser bonito, mas achei um pouco breguinha. Parece tanto com brinquedos para criança que não consigo  ver muita seriedade, mas quem é que entende a moda, né?

9 benefícios do verão

Sem título

Toda a minha família por parte de mãe prefere o frio ao calor. Confesso que me dá uma certa preguiça quando penso em sair de casa com mais de 30 graus lá fora (aqui em São Paulo o tempo é seco e não tem praia para refrescar) ou então naqueles bichinhos que voam ao redor da luz, mas insistem em cair no seu cabelo e nos pernilongos que não deixam a gente dormir.

Mesmo assim, faço parte daquele time que espera o ano todo pelo verão. Talvez seja pelo fato de a estação combinar com o final de ano, mas acho que o clima das pessoas muda nessa época. Então, já que vamos entrar na reta final do calor, preparei uma lista com os pontos positivos do período para aproveitar esses dias. Vamos conferir?

1. Os dias duram (muito) mais

934918fb5dfb5c903366ca457b6d1f19

Não dava para começar diferente. Na minha opinião, o horário de verão é um dos melhores benefícios do verão. Todo ano, quando outubro se aproxima, eu já fico mais contente. Sim, eu sei que o começo é difícil e que leva um tempinho para nos acostumarmos a acordar uma hora mais cedo, mas é tão gostoso sair do trabalho com sol, não é? Dá uma sensação de que ainda dá para aproveitar o dia. E, se você tiver a sorte de ter nascido em cidade de praia, dá para dar um mergulho antes de voltar para casa.

2. A moda é mais colorida e confortável

cc9ed1ebdd546c3036e292b48f728405

Ok, não há dúvidas de que somos mais elegantes no inverno. Mas, como boa admiradora de peças com cores alegres e estampadas, devo admitir que meu guarda-roupa tem muito mais roupas de verão e que eu sinto que me visto melhor nessa época. Acontece que eu adoro sair por aí de vestido (acho tão prático e feminino) e uso meu bom e velho short jeans até para ir ao shopping, combinado com regatas soltinhas e fofas. E olha, tenho a impressão de que a variedade de peças é muito maior nessa estação. Quer um exemplo? O maiô, que ganhou versões tão lindas que podem ser usadas tanto na piscina como body para ir ao barzinho – pena que ainda não tenha aderido ao look.

3. Cabelos naturais, por favor

57f640c5217cd043e8fce225b33fbc9c

Em que outra época do ano a gente sai sem ter vergonha do aspecto natural dos nossos cabelos? Sou viciada em secador e chapinha, mas me dá calor só de pensar em ligar os aparelhos quando a temperatura está alta lá fora. Ou seja, os fios secam naturalmente e ninguém liga se sairmos com eles nem lá nem cá (resumindo: nem lisos ou com cachos definidos). É tão bom se libertar, mesmo que só por uns dias, de toda essa rotina, não acha? Só não vale deixar de lado os cuidados básicos, como a hidratação e o uso de shampoos próprios para combater o ressecamento.

4. Praia e piscina à vontade

fe0e0c8935b2f9a5b3ead0d062c361c3

Acho que o meu lado carioca, herdado por parte do meu pai, é o responsável por me fazer gostar tanto de praia. Quando tenho um mar por perto, gosto de me arrumar o mais rápido possível para curtir tudo que tenho direito: pular ondas, deitar na canga estendida na areia e tomar água de coco. E por conta do horário de verão, a praia fica ainda mais gostosa no final da tarde. Bom, né? Também dá para curtir a piscina e, de quebra, pegar aquele bronzeado. Ô coisa boa!

5. A disposição para ficar em forma aumenta

084838edf01721fc2898f084ef429bf9

Entendo perfeitamente quem não gosta de academia. Cadê a inspiração para fazer uma série de exercícios em um lugar fechado? Com o calor, é possível praticar uma atividade física ao ar livre. As opções são infinitas: dá para caminhar, pedalar, patinar e até chamar os amigos para disputar uma partida de vôlei. E mesmo quem mora longe da praia, pode mexer o corpo em parques. Ou seja, não tem desculpa para perder aqueles quilinhos a mais.

6. A comida é tão fresquinha e refrescante

f23298a1f34316bca84c16afb3e8763c

Não sou a maior das fãs de sorvetes, mas confesso que não tem nada melhor do que tomá-lo em dias de muito calor. Assim como sucos e vitaminas preparadas com frutas bem fresquinhas e com boa quantidade de água para manter nosso corpo hidratado (como melancia, melão e maçã). Até mesmo uma saladinha, bem temperada, parece uma boa opção. Drinks? A dica é escolher os não-alcoólicos para manter o corpo em funcionamento, mas não tem nada melhor do que uma cervejinha gelada no final da tarde – um copinho a gente perdoa, ok?.

7. A natureza fica mais bonita

1899c66209355c8d37fd50d15b1a3b36

A dupla sol + céu azul com poucas nuvens se encarrega de embelezar qualquer foto. Já reparou como aquela visita que você fez a um ponto turístico de uma determinada cidade ficou mais especial por conta do dia ensolarado? Pois é. Sem falar no nascer ou no por do sol, que assumem cores que eu só vejo nessa época. Até mesmo aquela graminha verde e iluminada parece um ótimo lugar para descansar depois do almoço. Momentos assim merecem uma atenção especial, quem concorda?

8. As pessoas estão muito mais alegres

5bd9104563f0115f7f0f1fa0136c9b6e

Dias cinzas também te deixam deprimida? Comigo é sempre assim: basta ver um céu nublado para que eu me sinta triste. Mas, quando a situação se inverte e o sol chega, é uma felicidade completa. Parece que todos estão mais dispostos, alegres e de bem com a vida, mesmo morrendo de calor. Dá vontade de cumprimentar as pessoas na rua, de marcar aquele programa depois do expediente e programar uma viagem no final de semana. Não é mesmo?

9. Os pés agradecem

9cf0c41cdecd7c132da6a8bd6f59e15e

Como já falei aqui algumas vezes, não nasci com o dom para andar de salto alto. Então, aproveito o verão para sair de rasteirinhas e até chinelos sem qualquer culpa. Deixar os dedos do pé à mostra faz bem, sabia? É que eles ficam tanto tempo coberto por sapatilhas e outros sapatos que é comum notar unhas mais fracas, pele ressecada e até os temidos calinhos. Resolver esse problema é fácil fácil. Vamos começar?

Aprenda a diferenciar os tipos de sandálias para curtir o verão

Estamos no auge do verão e, para aguentar o calor, existe um item obrigatório no vestuário feminino: as sandálias. Não tem calçado melhor para enfrentar as altas temperaturas, não é mesmo? E aí entra uma pergunta valiosa: que tipo de sandália escolher? Pois é, não basta apenas deixar o pé à mostra. A tarefa mais difícil é optar por um calçado que combine com o seu estilo e com o look. Parece impossível? Que nada, é bem fácil. Espia só:

Rasteirinha

4df2d97d2fcc747ae32ea3bd994512e1

É a melhor opção para quem, assim como eu, não sabe andar de salto alto. O solado plano é garantia de conforto e praticidade e pode ser usado em qualquer lugar, até mesmo no barzinho com os amigos. Também é muito versátil, já que apresenta versões para todos os estilos. As mais básicas, por exemplo, podem escolher sandálias simples, com ou sem tiras, e em cores neutras, como branco e preto. Já as mais ousadas devem dar preferência para os modelos coloridos e com aplicações de pedras.

Anabela

1290058651c4be576f5304bf5209449f

Um clássico dos calçados de verão. A diferença fica por conta da parte de trás (onde fica o calcanhar), que é bem mais alta e cria um formato de solado que permite vários tipos de material e desenhos. Sou fã daquelas feitas com palhas e outros tipos de fibras para combinar com o calor, mas também já vi algumas coloridas e geométricas que são lindas. Apesar de muita gente torcer a cara, não dá para negar que é uma sandália extremamente feminina.

Plataforma

fedd2bc417246e99680151a5176b3bd2

Assim como a anabela, tem o solado elevado na parte de trás. A diferença é que a região onde estão os dedos dos pés também é mais alta, daí o nome plataforma. É um verdadeiro paraíso para as amentes de saltos porque alonga a perna com todo o conforto necessário e ainda dá aquele ar de poder e elegância. Para combinar com o frescor do verão, a dica é escolher as opções coloridas, que também causam menos impacto.

Gladiadora

7aab2063edbb7dfe23984e9f61a4067a

Já faz um tempo que ela aparece nos pés de diversas celebridades, mas veio com mais força nesta temporada. O nome remete aos tempos dos gladiadores, que usavam sandálias com várias tiras e amarrações ao redor da panturrilha. No começo, era visto como um item grosseiro e cafona, mas, aos poucos, o mundo da moda passou a usar como um calçado fashion e poderoso. Como chama muita atenção, é bom tomar cuidado. Comece com um modelo mais discreto e lembre-se de combinar com peças que valorizem as pernas, como bermudas, saias e vestidos curtos.

Meia pata

b2ef15813cfa8888a88eebb6a248fbaa

Feitas com saltos enormes, que podem ser finos ou largos, tem um solado bem grosso na parte da frente para equilibrar e garantir aquele conforto que a gente tanto gosta. É a pedida ideal para enfrentar aquela festa que vai durar a noite toda e manter o charme. Não tem problemas para usar salto alto? Então invista nas feitas com salto agulha, que são lindas e superfemininas. Mas, se você não nasceu com esse dom, opte pelo salto quadrado, que distribui melhor o peso do corpo – esse, aliás, é o único tipo de salto que eu consigo usar.

Salto alto

75126e3f3eecb372000a21caf5edaae4

São usadas principalmente em festas e casamentos. É aquela sandália tradicional, com salto bem grande e praticamente nenhum apoio na parte da frente. Neste verão, elas ganharam amarrações delicadas na região do peito do pé. São tão fofas que podem ser usadas naquele almoço-delícia de frente para a praia ou na balada. Mas atenção: é um calçado para as fortes. Quem não está acostumada pode sentir dor muito rapidamente e ser obrigada a voltar para casa descalça ou parar em uma loja para comprar outro par (o que não seria uma má ideia, não é?).

 

Fotos: Pinterest

5 dicas para cuidar da pele depois do excesso de exposição solar

Ah, o verão… Os dias mais longos, as temperaturas lá em cima, o sol brilhando. Tem coisa melhor do que se refrescar do calor na praia ou piscina? E ainda voltar para casa com aquele bronzeado especial? Pois é, não tem. O problema é que o excesso de exposição solar pode causar alguns prejuízos para a nossa pele. Anote aí: além da vermelhidão (quem nunca?), também pode provocar manchas, bolhas e até mesmo queimaduras graves.

E nessas horas, não adianta só apostar na dupla protetor solar + horário certo. Ok, a gente sabe que o filtro é um item indispensável e que é melhor cair na água antes das 10h e depois das 16h – período em que há menor incidência solar – mas existem outros cuidados que não podem ser deixados de lado, principalmente se houver exageros. E vamos combinar, sempre burlamos algumas regras nessa hora, não é? Então preste atenção pois aí vai o ritual completo para proteger a pele durante o verão e aproveitar a estação:

1. Água quente? Nem pensar!

agua-de-coco-cea1

Banhos quentes já são terríveis, pois promovem a dilatação dos poros e ainda retiram o brilho e a maciez da pele. Imagine no calor, quando o corpo já está quente e a temperatura externa é mais alta. Ou seja, aproveite para tomar banho com a água mais fria. É um ótimo exercício para acalmar a pele e relaxar a mente. Praticamente uma terapia!

 2. Hidratação já!

HIDRATAÇÃO

Depois de horas exposta ao sol, é normal perceber que a pele está mais ressecada. Por isso, a hidratação é fundamental. Isso envolve lavar bem todo o corpo com um sabonete hidratante e aplicar óleos relaxantes para manter a pele macia e livre de alergias. Só deixe a esponja de lado, ok? Ela – assim como qualquer outro produto esfoliante – provoca um atrito com a pele e pode até piorar a situação. Já  pensou?

 3. Faça das compressas suas melhores amigas

compressa-fria-e-quente

E aquela moleza que dá depois de um dia inteiro na praia? Ou então a sensação terrível de não conseguir dormir por causa da pele quente e das áreas vermelhas? Casos assim não deveriam ser comuns, mas acontecem com todas nós. A dica é fazer compressas com água fresquinha para aliviar a ardência. Pode ser com toalhinhas mesmo. Basta umedecer e aplicar nas regiões mais prejudicadas.

4. Deixe a pele cicatrizar

Pele-descascando-por-causa-do-sol

Confesso: dá muita aflição ao ver um pedaço da pele descascando. A gente logo sente vontade de tirar aquelas pelinhas que sobram, não é? Mas acredite, isso só piora e deixa a região ainda mais sensível. Sem falar que pode provocar mais manchas e algumas só saem com procedimentos estéticos. O mesmo vale para bolhas causadas por queimaduras, ok? O jeito é respirar fundo, ter muita paciência e esperar o tempo natural de cicatrização.

 5. Fique na sombra. Sim, vale a pena

Young-woman-holding-beach-umbrella-smiling-close-up

Sabe qual é o principal erro na hora de cuidar da pele queimada por causa do sol? Ficar ainda mais exposta. Quando o aspecto bronzeado passou do limite, ou seja, quando atingiu aquele tom vermelho-camarão, não tem outra solução a não ser pegar leve nos dias seguintes. Isso significa que dá, sim, para se divertir com a turma, mas na sombra e totalmente protegido, com chapéu, óculos de sol e por aí vai. Ok, não é a alternativa mais agradável, mas é melhor do que passar o verão dentro de casa, concorda?