Top 5 – Livros para comemorar o Dia dos Pais

Chega o finzinho de julho e a gente já começa a ver algumas propagandas temáticas na televisão. As vitrines das lojas também já começam a se preparar para uma data muito especial: o Dia dos Pais. Aqui no Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto, mas, nos Estados Unidos e na Europa, a celebração acontece no terceiro domingo de junho.

Sempre estranhei essa diferença, afinal, o Dia das Mães acontece no mesmo dia em muitos países. Fiz algumas pesquisas e descobri que a comemoração em junho tem a ver com o dia de São José, pai de Jesus Cristo. No Brasil, o mês de agosto está relacionado ao dia de São Joaquim, pai de Maria e, consequente, avô de Jesus.

Seja como for, o Dia dos Pais é o momento perfeito para ficar ao lado daquela pessoa tão importante para nós, que ajuda a formar nossos valores todos os dias. Aqui no blog, datas especiais também são comemoradas em formas de listas. No ano passado, trouxe cinco personagens que foram pais em filmes famosos. Desta vez, selecionei pais de livros conhecidos e que ocupam um lugar muito especial no nosso coração. Vamos conferir o Top 5?

Charlie Swan (Saga Crepúsculo)

Crepúsculo_livro

Assim que pensei nesta lista, lembrei do pai da Bella, a mocinha dos livros da Saga Crepúsculo. Não sou muito fã da história, mas li todas as partes e sempre tive um carinho pelo personagem. Apesar de ter um jeito durão, ele faz de tudo para ver a filha feliz. Vamos aos fatos? Oferece um carro, arruma um quarto aconchegante, aceita o namoro dela com um cara meio esquisito e ainda aceita o casamento dela com esse mesmo rapaz. Quem conhece todos os detalhes da saga percebeu que, no fim, ele suspeitou da verdade e não falou nada, mas ficou lá firme, forte e fofo ao lado da família. Não por acaso, é o meu personagem favorito de todos da história. É como se ele fosse o nosso pai, sabem?

Steve Miller (A Última Música)

AUltimaMusica_capa

Sempre recorro aos livros do Nicholas Sparks porque, apesar de seguirem sempre a mesma fórmula, apresentam ótimos personagens coadjuvantes. É graças ao Steve que o enredo de A Última Música se desenrola. Afinal, é ele que recebe os filhos – entre eles, a protagonista Ronnie (vivida por Miley Cyrus no filme, quando ainda era uma mocinha jovem e angelical) – para passar uma temporada de férias. Ele é fofo do começo ao fim, mas Ronnie não o aceita muito bem no início, enquanto seu irmão adora brincar com o pai. Steve faz a gente rir e se encantar, mas principalmente chorar. E quando digo chorar, é chorar muito. Talvez seja por isso que ele tenha me marcado tanto.

Phillipe Rinaldi (O Diário da Princesa)

download

Jamais poderia deixar de fora a série de livros mais incrível que eu já li na vida e que marcou minha adolescência/começo de vida adulta. Sim, amigas, estamos falando de O Diário da Princesa. Nos filmes, o pai da minha querida Mia está morto, mas nos livros (que, aliás, são mil vezes melhores do que os filmes) ele está mais vivo do que nunca. Ok, ele não é lá muito presente, mas rende momentos engraçadíssimos. Quem leu sabe que ele sempre se mete em confusão porque resolve arrumar uma namorada nova, que quase sempre é uma jornalista ou modelo bonitona. O príncipe Phillipe também deixa sua mãe, a Rainha Clarisse, de cabelo em pé. Só de escrever já sinto saudade dos livros. Recentemente, a autora Meg Cabot disse que está trabalhando na continuação da série. Será? Nossos corações agradecem!

Papai Walsh (Melancia, Férias, Los Angeles, Tem Alguém Aí e Chá de Sumiço)

Download-Los-Angeles-Marian-Keyes-em-ePUB-mobi-e-PDF

Já disse aqui algumas vezes que sou completamente apaixonada pela família Walsh, retratada em alguns livros da escritora Marian Keyes. Cada uma das cinco filhas tem o seu próprio livro (citados aqui em cima) e até a hilária Mamãe Walsh ganhou seu livro no finalzinho do ano passado. Apesar disso, sinto falta de um livro sobre o único homem desse clã, que também é responsável por muitos momentos engraçados. Na minha opinião, o livro em que está mais inspirado é Los Angeles. Lembro de uma passagem em que ele e toda a turma vão visitar a filha Maggie nos Estados Unidos e todos decidem conhecer a Disneyland. Papai é orientado a tomar cuidado porque quebrou o braço da última vez em um brinquedo. Adivinhem como ele volta desse segundo passeio? Sim, com o braço quebrado na mesma atração. Uma figura!

Bill Tyree (Querido John)

Querido-John

Aqui está mais um exemplo de personagens pais dos livros do Nicholas Sparks. Só que, ao contrário de Steve, Bill não tem uma relação boa com o filho John, protagonista da história. Na parte inicial do livro, ele é retratado como um senhor introspectivo, cheio de rotinas e horários e apegado a uma coleção de moedas. Mais tarde, descobrimos que esses comportamentos são uma forma de autismo e John se dedica a cuidar dele, o que faz com que se reaproximem. Esse foi o primeiro livro do Nicholas que eu li e na época gostei muito. Hoje percebo que talvez seja um dos mais fracos em termos de história. O que se salva mesmo é justamente essa relação do protagonista com o pai.

Seja qual for a escolha, o mais importante é aproveitar o domingo ao lado do seu pai. Feliz Dia dos Pais! 🙂

Anúncios

Os looks do Met Gala Ball 2015

Considerado um dos maiores eventos de moda do mundo, o Met Gala é também um dos tapetes vermelhos mais bem frequentados do planeta. Todas as celebridades que estão em alta no momento o frequentam. Para quem não sabe, é realizado pelo Metropolitan Museum of Art, um dos museus mais famosos de Nova York, e a cada um ano escolhe um tema para inspirar os trajes dos convidados.

Nesta edição, o tema foi China. A partir daí, dá para imaginar o que passou no red carpet. Foi um verdadeiro show de bizarrices. Justamente por isso, vale a pena conferir os looks:

Ellie Goulding

ellie-goulding-en-la-gala-met-2015_galeria_principal

Acho a Ellie fofa e bonitona à maneira dela, sabe? E apesar de aparentar ser bem moleca em seus shows e clipes, achei que ela mandou bem na escolha. Está chique, gala e elegante. Apesar disso, ficou mais para anos 20 do que China, né? Mas, no geral, gostei muito e usaria fácil!

Diane Kruger

Diane Kruger

A Diane tem o estilo dela e normalmente manda bem no tapete vermelho. Mas achei estranha essa combinação. Sou meio contra calças em eventos de gala, mas o problema maior aqui é que a textura do top não combina com a textura da calça. Precisaria de uma peça mais sequinha, sabe? E aí juntou com essa cauda e virou uma confusão tremenda. Meio over!

Jennifer Lawrence

Jennifer Lawrence

J. Law estava correta, bonita e mostrou que dá, sim, para levar o top cropped para um evento de gala. Curti a estampa floral, acho super oriental e bem na pegada chinesa. Também adorei o cabelo todo jogado para trás, que não brigou com a parte mais colorida do look. O problema é que ela foi ok. Já a vi usando coisas melhores…

Alicia Keys

Alicia Keys

Não sei muito bem porque esse pessoal insiste em usar milhões de coisas ao mesmo tempo. A saia volumosa, por exemplo, ficaria linda com um top sequinho vermelho (seriam as cores da bandeira chinesa). Mas aí Alicinha inventa de colocar uma jaqueta (que seria bonita se fosse usada sozinha) e o resultado é esse efeito esquisito na manga. Estou em dúvida se foi da foto, mas acho que é uma sensação criada pelo contraste com a foto. Mas ela tem um rosto lindo que ficou mais ressaltado com o coque modernoso.

Katie Holmes

Katie

Li em algum lugar que a Katie cortou o cabelo horas antes do evento. Não sei se é verdade, mas temos duas opções: ou ela se arrependeu e era tarde demais ou ela não tem um amigo sincero para dizer: “amiga, não ficou legal”. Essa franjona pesada deixou o rosto dela muito pesado e não combinou com o vestido. Por falar nisso, acho a cor muito bonita. O que me incomoda são esses recortes nas laterais. Se fosse reto, seria mil vezes mais bonito.

Kerry Washington

Kerry

Queria muito saber o que acontece com essa moça que não acerta nunca. Na verdade, não é que ela não acerta, mas sim que erra feio. Não gostei de nada aí. Achei que a cor não tem absolutamente nada de China e esse efeito brilhante ficou cafona, ainda mais misturado com os bordados e babados. E a combinação com a bolsa e os sapatos verde não tem nada a ver. Vamos passar para a próxima porque ficou difícil!

Amanda Seyfried

Amanda

A Amanda é meio chatinha, mas o look é interessante. Não gosto muito dos babados e da fenda central e acho que seria mais bonito se fosse liso. Mesmo assim, até que ficou bonito nela. Gostei do cabelo preso, que destacou o traje e AMEI a maquiagem (aliás, foi uma das mais bonitas da noite).

Selena Gomez

Selena

Pobre Selena. Era uma forte candidata a melhor da noite, mas resolveu dar uma viradinha de lado e mostrou que é uma pobre mortal como nós e que também sofre com as gordurinhas a mais. Não tenho absolutamente nada contra e acho super bacana que ela não tenha se incomodado com isso. Taí um perfeito look inspirado na China: flores na cabeça (bem gueixa), cordinhas orientais, branco e preto. Ponto positivo, garota!

Jessica Chastain

Jessica Chastain

Que mulher maravilhosa, gente! Sou suspeitíssima para falar porque acho que a Jessica é a mulher mais bonita de Hollywood e sempre arrasa no tapete vermelho. Mais uma que apostou no dourado e na pegada anos 20 com cabelo inspirado nas divas da época. Linda como sempre!

Dakota Johnson

Dakota Johnson

Gostaria muito de poder perguntar para a Anastasia de Cinquenta Tons de Cinza onde ela pensa que vai com essa roupinha. Talvez ela estivesse indo para a balada e aí mudou de ideia em cima da hora. Alguém mais acha que a estampa a deixou com uma barriguinha? E o cabelo também parece ter sido feito na pressa, sabe? Essa menina está precisando de um stylist para ontem.

Claire Danes

Claire

Adoro a Claire desde os tempos de Romeu e Julieta e passei a gostar mais ainda dela depois da atuação no seriado Homeland, então tenho um carinho enorme por ela. Ando apaixonada por esse tom de verde (que, aliás, combina super com o clima de inverno) e achei que ficou bacana com os detalhes em couro. Também adorei a make e o batom escuro. Só acho que o cabelo poderia ficar melhor.

Vanessa Hudgens

Vanessa Hudgens

Achei a escolha muito pertinente com o tema. A Vanessa estava até parecendo uma chinesa, não acham? Mas aí a colocaram em um ângulo péssimo para tirar a foto e parece que ela faz parte de uma montagem e que está flutuando. Também achei que o corpo dela pareceu meio achatado. De qualquer forma, ficou entre as melhores.

Kendall Jenner

Kendall

Já contei que não gosto muito do corpo da Kendall e que acho muito masculino com poucas curvas. Mesmo assim, ela tem um rosto lindo. Só que também está precisando de uma ajudinha porque não manda muito bem no tapete vermelho. Esse detalhe na lateral ficou muito grosseiro e vulgar.

Lilly Collins

Lilly Collins

A Lilly é uma fofa, né? Combinou muito com o estilo bonequinha do look. Temos duas informações pesadas (a blusa transparente e a saia estampada) que super conversaram e deram um ar de chinesa. Adorei e super usaria também.

Kim Kardashian (e o inseparável marido Kanye West)

Kim

Sei que muita gente ama a Kim, mas eu tenho um pouco de preguiça. É uma necessidade muito grande de aparecer, sabe? O corpo dela não permite esse tipo de roupa, simples assim. Ficou feio e vulgar.

Chloë Grace Moretz

Chloe

Amo a Chloë, mas não rolou. Achei muito simples e com mais cara de domingo no parque do noite de gala. Também não gostei do cabelo e da make, parece que faltou algo. Uma pena!

Lorde

Lorde

A Lorde não fica LINDA quando dá um tempo no estilo gótica? Ficou com ar de princesa. Amei a cor e me lembrou o efeito de alguns vasos de cerâmica vendidos nessas lojinhas orientais. Adorei a make com batom nude e olhos marcados e acho que o cabelo poderia estar semipreso, mas já é um grande avanço. Mandou muito bem!

Solange Knowles

Solange Knowles

Não vou nem perder meu tempo falando sobre essa aberração. Pessoa é irmã da Beyoncé e acha que pode sair por aí desse jeito. Próximo, por favor!

Katy Perry

Katy Perry

Katy é minha cantora pop favorita (e vem ao Brasil em setembro, oba!), mas não ficou bonita com o cabelo curtinho. Ela ficaria mais feminina se usasse um vestido mais básico e apostasse em uma make bem marcada. Agora acho que essa escolha reflete o espírito palhacinha dela, porque está bem complicado.

Lady Gaga

Lady Gaga

Posso falar? Foi o look mais pertinente ao tema da festa. Super China e de um jeito que só a Gaga sabe ter. Claro que é tudo bem over e impactante, mas ela pode. Passou de ano com louvor!

Madonna

Madonna anda meio perua, mas está melhor do que aquele visual pirata sexy do último Grammy. Não está bonito, mas ao menos é um vestido longo e apropriado para um evento de gala. Não gostei das luvas, achei o colar totalmente desnecessário e não entendi essa espécie de capa, mas curti o detalhe com o nome do novo CD dela. E ah, que cabelo bafo hein! Estou querendo para mim.

Rihanna

Rihanna

Certeza que a RiRi recebe o convite da festa e já pensa em como se superar. Dessa vez, trocamos o bolo rosa por uma manta amarela de palácio marroquino. O tipo de roupa que a gente não tem que gostar mesmo, apenas se surpreender.

Miley Cyrus

Miley Cyrus

Vamos lá, contem comigo: tecido estampado, recortes nos ombros, na barriga (mega recorte) e nas costas, maxi colar, cabelo com efeito molhado e make (quase) nada. Precisa dizer mais? Apenas não.

Kate Hudson

Kate Hudson

A Kate é sempre linda, mas ultimamente tem apostado no mesmo estilo de vestido. E como esse tom de dourado foi o mais usado na noite, ficou cansativo e sem graça. Os outros modelos da festa são mais bonitos. Mas ela nunca, jamais, ficará feia.

Reese Whiterspoon

Reese Whiterspoon

Saiu de casa com medo de errar e foi a mais sem graça do evento. Alguém deveria lançar uma campanha pedindo para atriz cobrir os braços porque eu não aguento mais vê-la usando tomara que caia. Vamos mudar, Reese, faz bem! E pode ousar de vez em quando, tá?

Beyoncé

Beyonce

Ok, é polêmico e não tem nada a ver com o tema, mas ela pode. A única capaz de segurar um look como esse sem deixá-lo vulgar. Em todas as outras, ficaria horroroso. E a gente pediu para ela deixar os vestidos pretos rendados de lado, então está valendo. E essa pele? E esse corpo? Arrasou mais uma vez, Bey!

Cara Delevigne

Cara

Não gosto da Cara, mas ADOREI essa ideia das tatuagens. É um recurso muito criativo que deu um toque oriental e deixou a produção mais moderna. Resumindo: foi a mais original da noite.

Olivia Wilde (e marido)

Olivia Wilde

A Olivia é tão linda que fica bem com qualquer roupa. Gostei muito do penteado e curti a combinação de rosa com cinza, mas também achei meio anos 20.

Jennifer Connelly

Jennifer Connelly

Duas coisas me incomodam muito nesse look: os ombros bufantes (desnecessários em um vestido totalmente rendado que já chama atenção) e o cabelo solto. Faltou um toque feminino nesse penteado para combinar com as flores.

Julianne Moore

Julianne Moore

Juju é tão diva que consegue ficar incrível no pretinho básico. Olha aí a fórmula de sucesso: parte de cima com brilho e recortes (discretos, viu) e saia sequinha. Assim que se faz!

Emily Blunt

Emily Blunt

Levou muito a sério o tema e caiu no óbvio, mas apostou em tons de azul para modernizar o look. Confesso que eu usaria algo parecido se fosse convidada. No geral, gostei muito e foi um dos meus looks favoritos.

Rita Ora

Rita Ora

Estava faltando alguém para deixar o red carpet completo. Ritinha, nossa arroz de festa favorita, acabou misturando um pouco as coisas e foi fantasiada de esposa do conde Drácula. Ela até parece flutar com o veludo inserido na barra. Mas a garota é esforçada e levou uma clutch em estilo oriental. Vamos dar um desconto porque ela faz a gente rir.

Kate Beckinsale

Kate Beckinsale

Linda e maravilhosa, não erra nunca. Mesmo quando usa um modelo mais simples, mantém o ar de diva. Tudo perfeito: cor, modelo, cabelo, make e atitude. Quero ser como você, Kate!

Uma Thurman

Uma Thurman

Está mais para Helena de Troia, né? Mas achei que estava bem bonita e elegante. Um bom modelo para um grande evento de gala. Também passou de ano com louvor.

Jennifer Lopez

J Lo

J. Lo ainda não ouviu nossos conselhos para variar e continua apostando em vestidos transparentes do tipo sereia. Mas trouxe estampas que lembravam os dragões chineses e o resultado me agradou muito. Poderia ficar vulgar, mas ficou chique.

Pior da noite: Sarah Jessica Parker

Sarah Jessica

Alguém me explica o que é isso? Sério, estou sem entender até agora. O vestido por si só já é estranho demais (impressão minha ou ele tem um errinho de costura na parte estampada?) e deixou nossa eterna Carrie Bradshaw com a sensação de que está acima do peso. E essa cabeça de passista de escola de samba? Socorro! Momento vergonha alheia total. Fendas, couro, estampas, fogo, pulseiras… Quanta coisa uó!

Medalha de ouro: Anne Hathaway

Anne

Posso ser sincera? AMEI! Ficou um pouco Star Wars, mas também me lembrou o visual das gueixas. E o dourado é uma cor bem oriental, além de reforçar a tendência dos tecidos metalizados. O capuz ficou moderno e delicado ao mesmo tempo. O toque de estilo ficou por conta da pegada rocker dos brincos. Amo a Anne desde os tempos de O Diário da Princesa e achei que ela estava maravilhosa. Medalha de ouro dada com muito orgulho e carinho!

Fotos: Just Jared

3 tendências do inverno 2015 para cabelos

woman with beautiful curly hairs

Depois de dez dias dedicados a contar tudo o que é necessário saber sobre as próximas estações, o post de hoje encerra a série com dicas muito especiais para quem pretende aproveitar o friozinho para mudar de visual. A época é realmente propícia para passar no salão, já que a ausência de sol e piscina ajuda a manter os fios mais saudáveis e hidratados. Em resumo: mudar a cor do cabelo é a alternativa perfeita para recuperar os danos do verão.

Neste ano, a proposta de assumir tons mais naturais continua em alta. Cores muito abertas e impactantes estão cada vez mais longes. Gosta de ousar? Então trate de se animar porque também existem versões para quem adora chamar atenção. Vamos conhecer as três principais técnicas que farão o maior sucesso nos próximos meses?

Strawberry Blonde

1738Todas sabemos que as ruivas estão mais poderosas do que nunca. Ao contrário de outras temporadas, em que a cor do momento se aproximava do vermelho vivo, o próximo inverno será de mulheres que querem passar a sensação de que nasceram com os fios avermelhados. A técnica batizada como Strawberry Blonde traz uma brincadeira no próprio nome e apresenta fios que ficam entre o ruivo e o loiro.

Feita com tintas especializadas, o método exige um conhecimento avançado para identificar o melhor tom para cada pessoa (erros podem deixar o cabelo laranja), por isso é ideal que seja feito por profissionais. Mais indicado para mulheres branquinhos, age melhor em cabelos loiros. Nada impede, no entanto, que donas de fios castanhos encarem um processo de clareamento para então entrarem para o mundo das ruivas.

Com base loira e mechas avermelhadas, o Strawberry Blonde já caiu no gosto de famosas como Julianne Moore, Amy Adams e (a linda) Jessica Chastain.

Ice Blonde

christina-aguilera-2013-11-american-music-awards-la-2015-gallery-rex__largeJá faz um tempo que os fios platinados fazem sucesso. Nesta temporada, o método que deve ficar em alta é o Ice Blonde, que assume uma cor próxima do loiro gélido, ou seja, quase branco. A proposta é tirar aquele aspecto amarelado de cabelos claros e trocar por algo mais natural. Para que o resultado não fique artificial, o segredo é fazer a transformação aos poucos e com tons que combinem com o seu tom de pele.

Especialistas afirmam que o Ice Blonde só deve ser usado por mulheres que possuem os fios claros naturalmente. Se for em branquinhas com olhos claros, então, o efeito é ainda melhor. A técnica é demorada e envolve descolorir os cabelos e aplicar um matizador para desamarelar os cabelos. Além disso, é bom avisar: ser loira envolve cuidados constantes, principalmente no quesito hidratação. Um dia da semana pelo menos deve ser reservado para essas rotinas capilares.

Símbolo de feminilidade e poder, o Ice Blonde foi escolhido por famosas como Christina Aguilera, Gwyneth Paltrow, Gwen Stefani e Miley Cyrus.

Castanhos naturais

Oz the Great and Powerful PremiereSe você é do tipo que adora o seu tom de castanho, pode ficar feliz. Os fios amarronzados aparecem com tudo neste inverno e têm a missão de ajudar a espalhar a naturalidade. Ou seja, os cabelos possuem a mesma cor da raiz às pontas. A base da vez é homogênea e serve justamente para ajudar na missão de unificar os tons (além de esconder aqueles terríveis fiozinhos brancos).

Muitas mulheres sentem que ficam com um ar mais pesado quando usam uma única cor no cabelo. Se esse é o seu caso, opte sem medo pelas mechas irregulares. O nome parece confuso? Pois pode ficar tranquila: é um método muito simples que propõe mechas bem fininhas e intercaladas ao redor dos fios. Ou seja, são zero marcadas e aparecem soltas em determinadas regiões para iluminar e rejuvenescer a face.

Donas de castanhos invejáveis, as atrizes Mila Kunis, Jessica Biel e Angelina Jolie, além da top Izabel Goulart, são alguns dos exemplos para se inspirar agora mesmo.

Figurinos icônicos de 6 cantoras famosas

Algumas cantoras possuem estilos tão próprios que a gente pode até fechar os olhos para imaginar o que elas estão usando. Tem as que fazem a linha sexy, outras preferem exagerar e chamar a atenção no tapete vermelho. Seja qual for a intenção, elas carregam uma legião de fãs apaixonados que não se incomodam em usar (ou pelo menos tentar) as mesmas roupas das famosas. Alguns figurinos são tão memoráveis que basta alguém mencionar o nome da cantora para imaginarmos as divas vestidas com tais peças. Vamos relembrar algumas?

Madonna

IMG_9679

Conhecida como a rainha do pop, Madonna também é soberana quando o assunto é moda. Em quatro décadas de fama, ela foi responsável por figurinos inesquecíveis que ficam na memória até hoje. O que dizer daquele bustiê em formato de cone que a cantora usava no início da carreira? Do vestido de noiva usado em um show durante uma premiação? Do clássico vestido vermelho e as joias no clipe de Material Girl, o visu cowgirl na fase do CD Music e a era disco, com collants e patins? Difícil mesmo é escolher qual deles causou mais inspiração no mundo fashion.

Britney Spears

image2 (1)

Discípula assumida da Madonna, Britney é outra que adora causar (em todos os sentidos). Começou com roupinha de colegial com direito a pompons e trancinhas, fez a linha baby girl e usou aquele macacão vermelho uó no clipe de Oops I dit it again. Depois do piercing no umbigo, que inspirou muitas meninas (tipo eu) a copiá-la, foi para uma pegada mais sexy e apareceu com a barriga de fora enrolada em uma cobra durante uma apresentação. Aí deu uma sumida, engordou alguns quilos, raspou o cabelo e hoje usa umas roupas mais comuns.

Beyoncé

image3

Essa sabe valorizar o corpão como ninguém. Desde a época das Destiny’s Child, ela já aparecia com roupinhas coladas e muitos decotes. Quando se lançou na carreira solo, colocou as pernocas de fora e bateu cabelo até se tornar uma das cantoras mais bem-sucedidas do planeta. Mas, para mim, não tem como imaginar a Beyoncé sem lembrar do body preto de uma manga só que ela usou no clipe de Single Ladies, um dos singles de maior sucesso do mundo. Junte a peça, o saltão, o topete e a mãozinha pra lá e pra cá e terá a fórmula exata para quem procura ser sexy sem ser vulgar.

Katy Perry

image4

Katy apareceu de forma tímida e levantou a onda das pin-ups. O cabelo bem preto na altura dos ombros enfeitado com lenços, os óculos coloridos (muitas vezes em formato de coração), os decotes e as pernas em destaque rapidamente foram substituídos pela fase Candygirl. Achava fofíssimo vê-la naqueles vestidos de cupcake com perucas coloridas (a azul era clássica) e tiaras de coração. Aliás, a roupa de pavão que ela usava nos shows dessa turnê era tão linda que eu usaria fácil em uma festa à fantasia. Agora ela assume um visu por clipe. Já teve sua fase na selva, no egito, na era medieval e até criou um revival da época de pin-up.

Lady Gaga

image5

Difícil é saber quando ela está vestida de forma normal, acho até que isso nunca acontece. Em 2009, quando começou a fazer sucesso, ela era conhecida pelo laço que fazia com os próprios cabelos da peruca loirona. E aí foi uma sucessão de loucuras, como o vestido de carne, as latinhas de refri usadas como bobes de cabelo, a pintura de esqueleto e sua versão bad boy. Mais recentemente, ela mostrou que é a fã da Ariel e apareceu no maior estilo sereia com um bustiê de conchas. Os little monsters agradecem pela fonte eterna de inspiração!

Miley Cyrus

image6

Na época da Hannah Montana, Miley era toda angelical e combinava as roupinhas de criança com um mega hair ondulado. Para dizer adeus ao mundo da Disney, ela cortou na altura dos ombros e ficou bem legal, até que resolveu mostrar para todas as pessoas que ela gosta mesmo é de chamar atenção. O que dizer da combinação cocurutos na cabeça e body com estampa de um ursinho chapado? Não basta o cabelo arrepiado de quem acabou de levar um choque e as roupas rasgadas. Miley causa até ficar quase sem roupa sentada na bola de demolição.

Lembra de mais alguma? Me conta que eu prometo continuar esta lista 🙂

Os looks do American Music Awards 2014

A edição 2014 do American Music Awards (AMAs) foi realizada ontem (23) em Los Angeles. Eu gosto muito dessa premiação porque eles reúnem um número muito grande de bandas e cantores. O problema é que a quantidade de apresentações faz com que o evento dure muito mais do que o necessário. Para terem uma ideia, o show começou às 23h e estava previsto para acabar às duas da manhã. Como eu acordo cedo nas segundas-feiras, acabei vendo somente metade. A parte boa é que o tapete vermelho estava cheio. Muitas cantoras que nós queríamos ver – como a Ariana Grande e a Iggy Azalea – passaram direto pelo red carpet por causa das apresentações musicais. Mesmo assim, deu para analisar (e alfinetar vários looks). Espia só:

Jordin Sparks

image

Acho que o maior problema da Jordin foi a pressa, já que ela foi uma das primeiras a chegar. Sei que os tecidos metalizados estão em alta, mas é o tipo de tendência que não fica bem em todo mundo. Gostava muito das músicas da Jordin há uns seis anos, mas nunca mais soube dela, a não ser que ela está solteira após terminar o namoro de séculos com o Jason Derulo (aquele que canta “Wiggle Wiggle Wiggle”). Acho que ela quis fazer a linha mulher-fatal e o resultado foi o excesso de informações. O cabelo cacheadão, o decote profundo, o tecido chamativo e a fenda generosa. Não curti.

Meghan Trainor

image

Ela ficou famosa pela música “All about that bass”, que fala sobre a volta por cima das mulheres gordinhas. E aí eu pergunto: essa moça se acha gorda ou emagreceu? Porque ok, ela está longe do padrão de magreza exagerada, mas me parece absolutamente saudável. O look é bem fofinho, gostei muito da renda da parte de cima e a saia rodada é perfeita para quadris grandes. Só não engoli essa bolsa de boquinha, é sooooo last season. E o cabelo poderia ficar meio preso para não ficar com esse jeito de teenager.

Heidi Klum

image

Heidi Heidi, eu gostava tanto de você… É tanta festa que ela tem para ir (repararam que ela estava presente em todos os eventos deste ano?) que as boas opções devem ter acabado. Faz tempo que ela não acerta. Sabemos que o conjunto de top cropped + saia está em alta e que a moça tem um corpaço, mas não rolou. Não sei o que é pior: o coque ultraclássico que é lindo, mas não combinou, essas faixas que mais parecem embrulho de presente brega ou essa sandália com tiras em tons candy. Concorreu fácil ao prêmio de mais mal vestida noite, uma pena!

Charli XCX

image

Não sei vocês, mas essa cantora me lembra muito a Lorde. Acho que elas foram separadas no nascimento. A diferença é o estilo. Enquanto a Lorde anda sempre com aquela cara de zumbi (que me desculpem as fãs, mas é verdade), a Charli usa umas roupinhas mais coladas. Posso ser sincera? Gostei desse look. O cabelo combinou super com o tipo de decote e ela ficou com um ar de diva dos anos 40. A barra comprida me incomodou um pouco. Faria ela mais curta para mostrar os sapatos. Mas, no geral, achei bem melhor do que a roupa que ela usou para cantar no evento, mas passou por ser parte da performance.

Kendall, Khloe e Kylie Kardashian

image image image

Ok, a Kendall é bonita e teve o rosto escolhido para estrelar as próximas campanhas da Estée Lauder. Quando perguntaram para ela sobre isso, a resposta veio em forma de um sorriso bem sincero. O look até é bacana e tinha tudo para ficar vulgar por causa da transparência, mas ela segurou. Acontece que esse corpo reto, quadradão e sem curvas não me agrada. A Kloe estava ok (não consigo pensar em nada além disso), enquanto a Kylie é mais um exemplo de que os vestidos metalizados não são para todas. Achei que ele estava maior do que deveria ficar e aí virou uma confusão na região da barriga e fez com que ela parecesse estar acima do peso. E a pose de diva não ornou com o cabelo verde. Dou um desconto porque ela é novinha e ainda tem tempo de acertar.

Selena Gomez

image

Amei o vestido, a cor, os detalhes em preto e o decote nas costas. Também adorei o carão, o batom mais escuro, o coque baixo e o brinco geométrico. Tinha tudo para ganhar o prêmio de mais bem vestida da noite, mas teve apenas um problema que, para mim, matou o look todo: o cabelo. O penteado é lindo, mas a raiz com jeito de que o alisamento venceu ficou tão gritante que acabou com a pose de mulherão. E não é de hoje que a Seleninha é vista com esse visu. Amiga, aproveita que você é rica, chama logo sua cabeleireira e marca essa progressiva pra ONTEM, combinado?

Kate Beckinsale

image

Ô mulher linda e classuda essa Kate! Não basta ter um rosto perfeito, estar em plena forma aos 40 e ter uma filha de 16 anos. Kate sempre dá um jeito de arrasar em qualquer tapete vermelho (nunca, nunca mesmo, vi a atriz errar nas premiações). Eis que ela surge com um rabo de cavalo maravilhoso no maior estilo bonequinha e contrasta com um vestido branco do tipo sereia com decotão que quase chega no umbigo, além de aberturas nas costas e nas laterais. Se essa combinação já é para poucas, ela ainda arremata com um colar que imita uma cobra. Não é a toa que ela deixou todo mundo – inclusive a Giuliana Rancic, repórter do canal E! – de queixo caído. Puro poder!

Rita Ora

image

Fantasiada de piu piu em noite de gala, Ritinha surgiu em cima da hora e assim que ganhou o microfone da E!, logo perguntou se mais alguém estava de amarelo. Giuliana respondeu que não e ela deu um gritinho tão histérico que eu pensei que ela tinha 15 anos e quis abafar na festa de debutante. Pois bem, nem sei bem quem é essa moça, mas vejo que ela sempre quer chamar atenção do modo errado. Ela conseguiu mais uma vez. Cocoruto na cabeça tipo Miley Cyrus (que, obviamente, só funciona se você for a Miley e olhe lá) e um vestido amarelo-ovo que fez com que ela parecesse com aquelas tias que fazem bronzeamento artificial antes do casamento. Horrível, péssimo, cafona e por aí vai…

Jennifer Lopez

image

J.Lo é linda e tem um corpão, mas insiste em usar roupas que evidenciem suas curvas. Por muito tempo, ela abusou dos vestidos colados com recortes, rendas e transparências. Cansou tanto que mesmo quando ela acertava, caía nos comentários maldosos. Ninguém aguentava mais e ela resolveu mudar. Resultado? Um show de horror. Não foi bem em nenhum dos eventos deste ano. E para completar, ela aparece fantasiada de múmia fashion. Não entendi absolutamente nada desse look. De verdade, alguém gostou? Uma confusão de amarrações em uma cor apagadíssima e o efeito de cabelo molhado mal feito. Tenta de novo, Jzinha! Que tal desistir dessa ideia de cair na vulgaridade? Você é linda e vai arrasar, certeza!

Jessie J

image

No ano passado, vi o show da Jessie no Rock in Rio. Conhecia só duas músicas, mas acabei adorando, principalmente pelo jeitão simples dela. Ao contrário de outras cantoras, que fazem mil trocas de roupa e preferem peças elaboradas, ela apareceu com um vestido colorido, tênis e um cabelo loiro com corte pixie. Achei sensacional e super usaria aquela roupa. Só que aí ela colocou um mega hair (e põe mega nisso) e toda a magia foi embora. No VMA ela se enrolou numa canga. Agora ela usou um terninho branco de executiva e não usou nenhum brinco escandaloso ou coque nesse cabelo uó de Rapunzel. Ficou com cara de que ela só se lembrou da festa cinco minutos antes e pegou a primeira roupa que viu pela frente. Feio, né?

Nicki Minaj

image

Depois de muita cafonice, Nickinha está aprendendo que não tem problema passar a imagem de uma mulher normal no tapete vermelho. Olha como ela fica decente sem perucas e capas da chapeuzinho vermelho. Mas essa missão ainda está longe de terminar porque o vestido é muito menininha. E o maior problema é esse detalhe da gola que causou a impressão de que a rapper não tem pescoço. A solução poderia ser o cabelo preso até porque o look ficou muito monocromático. E a Nicki ainda precisa ter umas aulinhas de dicção porque ô dificuldade para entender o que essa mulher dizia. Até a pobre da Giuliana fazia cara de interrogação. Mas vá lá, garota, finalmente passou de ano com nota azul!

Taylor Swift

image

Não gosto da Taylor Swift, tenho uma preguiça infinita daquelas caras que ela faz, preferia os cachinhos de musa country e não consigo respeitar quem faz música só para falar mal de ex. Mas o fato é que não dá para negar que ela tem um rosto lindo e que arrasou no clipe da música nova, “Blank Space”.  Tanto que ela abriu o AMAs fazendo uma reprodução do vídeo. O som não estava lá essas coisas, ela tentava gritar e o som não saía e teve até um playback básico, mas eu AMEI esse vestido dourado com jeitão de anos 20. E no meio da música ela tirou a saia longa e a peça se transformou em um modelo curto com franjas. Tão lindo, gente! Daí ela terminou de cantar e desfilou com um vestidinho cropped verde. Nem coloquei a foto porque é tão mais do mesmo que não vale a pena.

Medalha de ouro: Fergie

image

A verdadeira cara da riqueza. Fergie foi uma das primeiras a chegar e veio em uma espécie de ônibus para promover seu novo CD. Mas, ao contrário dessas mocinhas que fazem de tudo para estragar o look, a eterna musa do Black Eyed Peas desceu linda toda trabalhada no visu grega-romana. Sem exageros, o vestido preto era simples e tinha apenas uma fenda. A diferença ficou por conta dos acessórios. O cinto dourado combinou com a sandália do tipo gladiadora. E o cabelo solto, com ondas bem naturais, deu um clima descontraído e, ao mesmo tempo, chique. Nem lembra mais aquela cantora que usava calça justa e body para rebolar ao som de “My Humps”. Look perfeito para uma mulher linda de quase 40 anos, esposa de um homem igualmente lindo (o bonitão Josh Duhamel) e mãe do estiloso Axl, de um aninho. Medalha de ouro mais do que merecida!

Ficamos agora no aguardo das premiações de 2015. Cadê janeiro? Estamos ansiosamente te esperando para dar mais alfinetadas nos looks alheios.