Top 5: Filmes para comemorar o Dia do Índio

papa-capim

No dia 19 de abril, é comemorado o Dia do Índio. A data, que é mais lembrada por nós quando estamos na escola e fazemos todos aqueles trabalhinhos artísticos com penas e cocares, acaba parando no esquecimento depois que nos tornamos adultas. No entanto, é uma comemoração extremamente importante já que o povo indígena sofreu – e continua sofrendo – preconceitos enormes para manter seu estilo de vida.

Por isso, resolvi criar um Top 5 especial com filmes que abordam essa temática. Achava que seria difícil encontrar cinco longas, mas a verdade é que existe uma infinidade de opções por aí. Confesso que não vi grande parte, mas procurei selecionar aqueles que trazem as mensagens mais bonitas para que possam servir como inspiração. Vamos conhecer os escolhidos?

Pocahontas

pocahontas

Não dá para começar essa lista sem mencionar uma das índias mais importantes do mundo, principalmente para meninas que adoram os filmes da Disney. A versão animada foi lançada em 1995 e a história todo mundo já conhece: uma tribo indígena da América do Norte sofre com a chegada dos colonos britânicos. A guerra piora quando Pocahontas, filha do chefe da tribo, se apaixona por John Smith, capitão da tropa. Motivos para ver (e rever)? As músicas que a gente tanto ama!

Quem preferir, pode ver a versão cinematográfica mais recente. Estrelada por Colin Farrell, O Novo Mundo tem uma pegada menos infantil e mais épica. Falei sobre o filme no post sobre desenhos da Disney que viraram filmes, mas até agora não vi. De qualquer modo, vale a pena assistir para comparar as duas maneiras de contar a história.

Dança com Lobos

danc3a7a-com-lobos

Em praticamente todos os filmes com temática indígena, há sempre alguém que acaba se surpreendendo com os costumes da tribo. Lançado em 1990, Dança com Lobos é exatamente assim: um soldado se destaca durante a Guerra Civil Americana e, por conta disso, decide servir em um ponto tido como solitário. Ele descobre, porém, que esse local é habitado por índios. O que poderia ser uma relação impossível torna-se uma verdadeira amizade quando ele passa a conviver com a população local.

Dizem que é um filme muito bonito. Apesar de não ter visto, morro de vontade de assistir para ter a minha opinião. De qualquer forma, aí vai um incentivo: foi indicado a diversas premiações e ganhou três Globos de Ouro e sete Oscars, incluindo o de melhor filme. Só isso já vale apertar o play, não acham?

A Missão

Mission 1986 real : Roland Joffe Jeremy Irons COLLECTION CHRISTOPHEL

A história é praticamente a mesma, mas em locais diferentes. Ambientado no final do século 16, mostra a trajetória de Rodrigo Mendoza, um mercador de escravos que vivia na Espanha e que matou o próprio irmão. Arrependido pelo modo como levava sua vida, ele decide se juntar aos jesuítas e a brigar pelos índios que moravam nas florestas brasileiras, os mesmos que ele costumava escravizar.

Ok, o filme é longo (são duas horas de duração) e até cansativo, mas a mensagem é realmente muito bonita. No fim, a gente percebe que as outras pessoas podem nos perdoar, mas só estaremos em paz quando nós mesmos nos perdoarmos. É bacana também por mostrar um pouco da história do Brasil e pela trilha sonora, que é lindíssima. Também foi indicado a diversas categorias de premiações famosas. Deixe a preguiça de lado e assista.

Irmão Urso

indigena6

Normalmente, coloco apenas uma animação por Top 5, mas abri uma exceção neste post porque Irmão Urso é um filme indígena que foge do senso comum. Deixa de falar sobre a relação de afeto e amizade entre índios e brancos e foca na história de três índios irmãos muito unidos. Um deles acaba morto por um urso e o outro mata o animal em forma de vingança. Nesse momento, ele é transformado em urso pelos espíritos ancestrais e precisa fazer uma longa jornada para voltar a ser humano.

Durante esse período, ele descobre que os ursos não são tão ruins como ele pensava e aprende que homens e animais podem – e devem – viver em harmonia. Apesar de ser considerado um filme clássico da Disney, não teve o destaque que merecia. Acho que é por ser pesado demais para as crianças. Mas vale muito, gente! É tão lindo que dá vontade de chorar em vários momentos.

Xingu

xingu_div

Enquanto fazia a minha escolha de filmes que entrariam nesta lista, notei que só tinha colocado filmes estrangeiros. E aí percebi que precisava colocar algum nacional, afinal, grande parte de nossa população tem descendência indígena. Inclusive temos muitas tribos que continuam em atividade.

Acabei me decidindo por Xingu, que é relativamente novo (lançado há quatro anos) e que narra a história real dos irmãos Villas-Bôas, que ficaram conhecidos por desbravarem o Brasil Central. Durante essa verdadeira aventura, eles conhecem 14 tribos indígenas e são responsáveis pela criação do Parque Nacional do Xingu, que na época era a maior reserva indígena do mundo. Sente vontade de saber mais sobre a nossa história? Então essa é a pedida.

Como sempre, a dica agora é escolher aquele que mais agrada, chamar os amigos e os familiares e homenagear os índios.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s