Achadinho: Daiso Japan

Daiso-Japan

Várias pessoas já tinham me falado sobre a Daiso Japan, lojinha japonesa que vende todo tipo de coisa possível, desde porta retrato até isca de pesca. Só que eu nunca fui muito de gostar desse estilo de loja, então acabei adiando minha visita. Fiquei um pouco mais interessada quando descobri que eles seguem o conceito de preço único, em que todas as peças são vendidas pelo mesmo valor. No caso, apenas R$ 6,90.

Mas, de verdade mesmo, só quis ir quando entrei no perfil deles do Instagram (@daisojapan) e descobri a quantidade de coisinhas fofas. Estava mais do que pronta para saber se a loja era tudo isso. E é, viu, gente!

A Daiso chegou ao Brasil em 2012 e está em sistema de expansão, com várias unidades aqui em São Paulo. Fui em uma localizada no bairro da Saúde e da entrada já dava para ter uma noção da piração que seria lá dentro. É tanta coisa bacana que a gente tem vontade de colocar tudo na cesta de compras.

Foto-Daiso-Japan-Divulgação

Como disse lá em cima, a loja vende TUDO, absolutamente tudo. Para terem uma ideia, tem muita coisa de cozinha, papelaria, banheiro, artesanato e até alguns itens fofíssimos para cachorros. O mais curioso é que a maioria dos produtos vem do Japão e é praticamente impossível tentar entender o que está escrito. Ainda bem que existem plaquinhas responsáveis por explicar do que se trata.

Claro que, como toda loja do tipo, tem muito cacareco, mas também tem muita coisa legal e útil. De tudo, o que eu mais gostei mesmo foi a bolsinha de água quente. Disponível em dois tamanhos, é do tipo durinha (nada daquelas molengas tradicionais) e compacta. A criatividade fica por conta da meinha que funciona como capa e evita queimaduras na pele.

Enfim… Tanta coisa legal que vale a pena explicar com foto:

11358199_1594661724111910_1634244258_n Bolsa de água quente com meinha

Forminhas de gelo de coraçãoFormas de gelo

Toalhas Toalhas de rosto

A Daiso já entrou para a minha lista de locais irresistíveis aqui de São Paulo. E vale lembrar mais uma vez: é tudo por R$ 6,90. Mais informações: https://www.facebook.com/daisojapanbrasil

Anúncios

Achadinhos: Contém1g Perdizes

IMG_4947

Escolher ou comprar um produto de maquiagem exige paciência e dedicação. Afinal, são tantas opções com tantas finalidades que é importante conhecer cada um, saber as vantagens e, claro, ter a certeza de que você está levando aquele que mais combina com o seu tipo de pele. Parece fácil ter tudo isso, mas nem sempre a gente encontra profissionais dedicados a seguir esse passo a passo.

É justamente aí que entra o diferencial da Contém1g Perdizes. Única loja da rede em rua na cidade de São Paulo (olha só que responsa), tem como foco o atendimento personalizado. Ou seja, sempre vai ter uma atendente disposta a te explicar os diferenciais de cada produto e a te ajudar a identificar o que mais combina com o seu tom de pele. E isso faz toda a diferença! É muito bacana ter a possibilidade de ter alguém disposto a tirar todas as suas dúvidas de make.

IMG_4943[1]

Como não pirar com tantos batons lindos? Juro que fiquei com vontade de levar todos!!!

Sempre fui do time que está correndo e que entra em lojas de make apenas para comprar o necessário. Mas resolvi aproveitar o fim de semana para conhecer a Contém1g de Perdizes e acabei surpreendida. A loja abriu somente há sete meses, mas a equipe de vendedoras é tão afiada que nós batemos um verdadeiro papo de beleza muito gostoso com direito a várias dicas. Vamos combinar que é muito mais gostoso quando a gente pode sentar, tomar um cafezinho e, de quebra, falar sobre make?

As meninas te deixam tão à vontade que você se sente segura para ver os produtos agindo no seu próprio rosto. Elas têm toda a paciência para aplicar os produtos e nós, claro, adoramos. Enquanto elas estão nos maquiando, aproveitam para dar várias dicas. Vocês sabiam que a melhor forma de aplicar o corretivo é desenhando o famoso triângulo invertido? E que apenas uma dose moderada de demaquilante é capaz de dar conta do recado?

IMG_4874[1]

Amei muito ser maquiada por esse time pra lá de competente de maquiadoras!

Muita gente sabe que a principal da maquiagem é ressaltar aquilo que a gente tem de bom. Mas nem todo mundo sabe como fazer isso na prática. Eu, por exemplo, tenho mania de passar tudo que tenho direito no olho, só que as meninas me ajudaram a perceber que não há a menor necessidade. Tenho muita dificuldade para passar delineador, como muita gente aqui já sabe, e elas me ajudaram a perceber que quem tem olhos pequenos, como é o meu caso, não precisa obrigatoriamente passar delineador, já que ele esconde a sombra em olhos como os meus. Portanto, basta caprichar na escolha das sombras para arrasar.

Além da superaula de make, amei conhecer os produtos da marca. O DD Cream foi um dos que mais gostei porque tem fórmula exclusiva capaz de se adequar em cada tipo de rosto e corrigir imperfeições específicas. Também amei o iluminador em caneta (tão prático para aplicar) e o fixador de sombras. Pirei também com a variedade de cores de batons, principalmente os mate. Gostei tanto do Savana que usei na minha maquiagem e já estou pensando em voltar lá para comprar.

Olhos caprichados com sombra (aprendi que tons de roxo são ideais para quem tem olhos verdes) e o maravilhoso batom Savana

Olhos caprichados com sombra (aprendi que tons de roxo são ideais para quem tem olhos verdes) e o maravilhoso batom Savana

Além de produtos de make, a Contém1g Perdizes tem linha de perfumaria com ótimas opções tanto para o dia quanto para a noite e uma coleção voltada para adolescentes que tem fórmula mais suave. Eu, aliás, comecei a me maquiar com 12 anos justamente com as sombras da marca e nunca mais parei de usar.

E mesmo assim, posso garantir: por mais que a gente saiba tudo sobre os produtos da marca, ficamos ainda mais interessadas e satisfeitas quando temos um atendimento tão bom e personalizado. Gostou da ideia? Então saiba que as meninas oferecem cursos e serviços de maquiagem para casamentos, aniversários… Prático, né?

Fiquei tão apaixonada pela minha maquiagem que vou postar mais algumas fotos:

IMG_4877[1]IMG_4878[1]

IMG_4879[1] IMG_4884[1]

IMG_4899[1]IMG_4906[1]

IMG_4937[1] IMG_4938[1]

Vale a visita!

Contém1g Perdizes

Rua Cardoso de Almeida, 731, Perdizes – São Paulo/SP

Segunda à sábado, das 10 às 20 horas | Tel.: (11) 3805-7005

[Especial 1 ano Fik Dik] Os 10 posts mais lidos do blog

6e648d643f9471db4cc4d5253fa1fa71

Eba! Hoje é aniversário do Fik Dik! Há exatamente 1 ano, no dia 10 de abril de 2014, resolvi matar aquela vontade de reviver meus tempos de blogueira e voltar a ter um espaço só meu. Mais que isso, resolvi voltar a ser blogueira para ver se o jornalismo feminino era realmente a minha praia. Na faculdade, descobri que gostava muito de todos os assuntos ligados ao universo das mulheres, mas não sabia se queria trabalhar de fato com isso. Comecei a ler mais revistas do gênero, a me interessar mais por beleza, moda e todos os temas do nosso mundo e, quando vi, já estava envolvida. No meio de um curso ligado ao tema, descobri que era hora de me testar como jornalista/blogueira feminina e criei este cantinho. E não é que deu certo?

Em 365 dias, este blog passou de 25 mil visualizações e tem uma média diária de 150 visitas com picos de 280. O número é baixo? Olha, até é. Se a gente comparar com blogs de meninas que se dedicam somente a isso e contam com toda uma equipe por trás preocupada em negociar parcerias, lançar as garotas nas redes sociais e até a escrever os posts. Eu faço tudo sozinha. E estou só começando. Mas é uma tarefa muito gostosa planejar os posts, pensar nas pautas com meses de antecedência (sou dessas que faz uma tabelinha no Excel três meses antes) e curtir cada avanço. Amo de paixão quando recebo um comentário e me esforço ao máximo para responder todos. Também adoro quando alguma amiga (ou amiga de amiga) me para no Facebook, no Instagram ou até na rua para dizer coisas do tipo: “Amo seu blog”. De verdade, vocês fazem meus dias mais felizes!

Para comemorar, preparei uma lista com os 10 posts mais lidos na (breve) história deste blog:

1.[Resenha] Para Onde Ela Foi – A continuação do livro Se Eu Ficar

47d55e_331469c04414425bb755df7d6567dfca

Nunca imaginei que a resenha de um livro pudesse fazer tanto sucesso. Talvez seja o fato de eu ter gostado muito (foi o melhor livro que eu li no ano passado). Ou também a curiosidade que se instalou nas pessoas depois do filme Se Eu Ficar, que é a primeira parte da história. Fato é que este post recebe há meses o maior número de visualizações diárias. Apenas para terem uma ideia, hoje ele sozinho representa mais de 7 mil visitas. Não é impressionante? (Clique aqui para saber mais)

2. [Resenha] Boé Crece Pelo

mascaracrecepelo

Outra resenha muito acessada por aqui. Como o próprio nome diz, o Crece Pelo é um creme que (adivinhem só) promete acelerar o crescimento capilar. Descobri por indicação de uma amiga e resolvi testar, já que sofro muito para deixar meus fios compridos. E aí, deu certo? Bom, eles realmente cresceram de uma forma mais rápida. E como não sou a única mulher desesperada para ter fios longos, vi que muitas leitoras também querem conhecer o produto. É ótimo, viu? (Clique aqui para saber mais)

3. Próximos livros que serão adaptados para o cinema

sem-tc3adtulo

A gente adora quando nosso livro favorito ganha versão cinematográfica. Sempre temos aquela curiosidade para saber se os personagens escolhidos são parecidos com aqueles que vivem na nossa imaginação, não é? No ano passado, listei as próximas obras que iriam para as telonas. Das seis citadas, quatro já foram lançadas. Entre elas, essas duas aí de cima do Nicholas Sparks. Ficou curiosa para saber as outras? Só ler o post. (Clique aqui para saber mais)

4. Cinco motivos para ver o filme 3 Idiotas

image

O melhor filme que eu vi em 2014 não foi nenhum que concorreu ao Oscar. Também não foi nenhum blockbuster. Trata-se de uma história indiana, descoberta por acaso, que fala sobre a relação de três amigos que se conhecem na faculdade. Nesse tempo todo, percebi que ele não é tão desconhecido assim. Todo dia alguém cai nesse post e tenta ver onde pode baixar (infelizmente não achei o DVD por aqui). É tudo tão lindo, gente! As músicas, a história, o final… (Clique aqui para saber mais)

5. Monopod: a evolução do hábito de tirar fotos

sem-tc3adtulo5

Comprei meu monopod em setembro do ano passado e, naquela época, ele ainda não era conhecido pelo apelido “pau de selfie”. Eu simplesmente percebi que não ia conseguir ter uma GoPro e apelei para a versão genérica. Desde então, recebo inúmeras visitas de gente interessada em fazer parte desse time. Eu amo tirar fotos e super defendo o apetrecho. Virou um item indispensável na minha bagagem em qualquer viagem. (Clique aqui para saber mais)

6. Desenhos da Disney que viraram filmes

maleficent

Foi um dos primeiros que eu escrevi e até hoje está na lista dos meus favoritos. Sou completamente viciada em qualquer coisa relacionada ao universo Disney, especialmente os filmes clássicos que vejo sem cansar mesmo bem grandinha. Há um tempinho, a companhia resolveu fazer versões live-action das histórias mais famosas. No ano passado, o sucesso foi Malévola. Inspirada nele, listei outros longas do gênero. Todos LINDOS ♥ (Clique aqui para saber mais)

7. Como usar Marsala (a cor de 2015 pela Pantone) nas roupas, na make e nas unhas

ea0a1f03580a235d1d16d8892283af33

Como disse no post, a gente sabe que um ano está prestes a começar quando a Pantone anuncia a cor que será tendência nos próximos 12 meses. Lá em dezembro de 2014, descobrimos que o tom deste ano seria o Marsala, mistura de marrom e vinho pra lá de chique. Assim que soube, tratei de fazer um guia para explicar como usá-la no look do dia, na make-sucesso daquela balada e nas unhas. Pode até parecer uma cor estranha, mas está fazendo o maior sucesso! (Clique aqui para saber mais)

8. Os sapatos do verão 2015

arezzo1

Não tem jeito. Sempre que faço um post sobre sapatos, o sucesso é quase imediato. E você pode até pensar: “mas nós estamos no outono e as pessoas ainda estão interessadas nas tendências do último verão?”. Sim, elas estão. Acontece que nós vivemos em um país onde o frio é quase inexistente. Daí que as sandálias, as rasteirinhas e companhia ficam em alta praticamente o ano todo. São investimentos que valem MUITO a pena! (Clique aqui para saber mais)

9. [Resenha] 3 Minute Miracle – Aussie

women_products

Mais uma resenha de um produto que a mulherada enlouquece para ter. O Aussie desembarcou no Brasil há um tempo, mas os preços continuam nas alturas. Ou seja, é quase que um item obrigatório para trazer ou encomendar em viagens internacionais. A linha 3 Minute Miracle é realmente o que promete: um milagre capilar em apenas três minutos. Os fios ficam macios, hidratados e brilhantes. Quer mais?  (Clique aqui para saber mais)

10. [Resenha] Matizador Capilar – Eico Cosméticos

eico-mascara-matizador-240g

Podemos chegar a conclusão de que muitas mulheres (inclusive eu) confiam nos blogs para saber se um produto capilar é realmente bom. Normal, afinal, confiança é tudo na hora de testar algo para os fios. Mas, olha, posso garantir com todas as letras que o matizador da Eico é uma maravilha para loiras de salão: tira o amarelo, deixa os fios hidratados e dá uma boa segurada nas temidas pontas duplas. Minha cabeleireira indicou, testei e está na minha prateleira até hoje. Resumindo: sou megaviciada!  (Clique aqui para saber mais)

Gostaram de conferir o Top 10 de posts neste primeiro aniversário do Fik Dik? Estou curiosa para saber como será a lista do ano que vem. Até lá, deixo o meu muito obrigada pela companhia de sempre e por me deixarem mais confiante a fazer deste espaço um guia para ajudar as mulheres. Parabéns para o meu filhote e para todos que contribuem de alguma forma!

Achadinho: Pibus Hamburger

Sem título

Já falei aqui algumas vezes que meu maior problema na hora de perder os quilinhos extras é que eu amo comer, principalmente aqueles alimentos deliciosos e, ao mesmo tempo, gordurosos. Apesar disso, tenho uma certa restrição quando vejo algumas misturas na culinária. Pizza de metro? Coxinha de um quilo? Pode até parecer bom, mas sempre penso que é desnecessário.

Então, quando soube que uma lanchonete fazia um hambúrguer no pão de queijo, não esperei muita coisa. Mas vi a foto e parecia ser maravilhoso. E a tal lanchonete tinha acabado de inaugurar uma unidade no meu bairro, praticamente do lado de casa. Passava todo dia e pensava: por que não provar?

Aproveitei um sábado livre de dezembro para conhecer. Chegamos bem cedo, então nenhuma outra mesa tinha sido ocupada. Sorte nossa, que conseguimos sentar em um sofá confortável e fazer nossos pedidos com calma.

O cardápio é extremamente variado e tem opções para todos os gostos. Além dos hambúrgueres, dá para pedir saladas, beirutes, hot dogs e até pratos feitos. Mas é difícil prestar atenção em qualquer outra coisa quando reparamos nos lanches feitos no pão de queijo, batizados como TremBão.

Olha ele aí: hamburger no pão de queijo de verdade

Olha ele aí: hambúrguer no pão de queijo de verdade

E assim foi: pedi o Del Rei, composto por filé mignon em tiras, queijo prato e catupiry servido no pão de queijo preparado lá mesmo. Para acompanhar, porções de batatas fritas e onion rings. O lado bom é que a porção tem vários tamanhos, então dá para escolher algo de acordo com a fome e evitar o desperdício.

O serviço foi ótimo e o lanche chegou rapidinho. Pensei que teria um tamanho exagerado e que eu dificilmente conseguiria comer tudo, mas é uma delícia. Vem na medida exata e, ao contrário do que eu pensava, é zero enjoativo. Aliás, é bem levinho. Tão gostoso que desmancha na boca, daqueles que você come inteiro sem nem perceber. Só de falar já dá vontade…

Para resumir, foi um dos melhores cheeseburgers que eu já comi. E olha que eu já provei vários e lá em casa rola até uma lista dos lanches favoritos. O mais bacana? Tem delivery e também dá para pedir pelo Restaurante Web. Hum… me deu até uma fominha!

______________________________

Serviço

Pibus Hamburger

Loja 1: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 819, Itaim Bibi, São Paulo/SP | (11) 3845-4627/(11) 3846-5580

Loja 2: Rua Apinajés, 847, Perdizes, São Paulo/SP | (11) 3845-4627/(11) 3846-5580

http://www.pibus.com.br

Achadinho: Pikurruchas Brigadeiros Gourmet

1

Vivo na briga com a balança, mas meu maior problema é que eu amo comer aquelas besteirinhas deliciosas que podem até não ajudar a emagrecer, mas nos fazem mais felizes. E gosto ainda mais quando descubro que esses quitutes ficam ao lado da minha casa.

Todos os dias passava em frente da Pikurruchas Brigadeiros Gourmet. A decoração da fachada era tão fofa que eu prometia para mim mesma que um dia iria entrar e provar os quitutes. A vontade aumentou quando eles me adicionaram no Instagram. Imaginem a tentação que era ver fotos daqueles docinhos maravilhosos no meio do dia… Bastava olhar para sentir água na boca.

Como a vida é sempre corrida, só consegui arrumar um tempo para conhecer a loja no final do ano passado. Aproveitei um sábado livre para almoçar pelo bairro e comer uma sobremesa por lá.

2

Do lado de fora, a decoração já impressiona. Tem um banquinho e uma mesinha para quem quiser comer ao ar livre e um dog stop, onde os cãezinhos podem aguardar os donos do lado de fora e ainda beber água bem fresquinha – toda a minha família é apaixonada por cachorros, então esses detalhes feitos com carinho nos enchem de orgulho.

Pequena, mas muito aconchegante, a lojinha parece uma casa de bonecas, daquelas bem antigas, sabe? Os móveis pintados em tons de rosa, branco e marrom, assim como as poltronas charmosas, são tão acolhedores que dá vontade de passar horas lá.

E a dedicação da Ana, proprietária, que faz questão de explicar todo o cardápio? Ela fala com tanto entusiasmo que é praticamente impossível decidir o que pedir. Apesar de ser conhecida pelos brigadeiros, a loja também vende pirulitos, compotas e bolos. Por fim, acabei me decidindo pelo bolinho gelado, carro-chefe da casa, que fazem um resgate daqueles bolos de antigamente que vinham embrulhados no papel alumínio.

3 4 5

Sabe o que achei mais fofo? A apresentação. Tudo tão fofinho, gente. Os bolinhos chegaram embalados em lencinhos estampados e colocados em pratinhos coloridos com design provençal. E os recheios são feitos na hora, bem artesanal mesmo (daí o nome gourmet). Provei o de limão siciliano e o de chocolate branco com ovomaltine e estavam tão deliciosos que, de verdade, não sei escolher qual era melhor.

Pouco antes do Natal, eu também encomendei um panetone versão família (porque já que ia jacar, resolvi jacar direito). Fiquei muito na dúvida entre os recheios de chocolate belga e o doce de leite com paçoca, mas escolhi o segundo por ser pouco tradicional. E olha, foi o melhor panetone que  eu já comi na vida. Extremamente saboroso, zero enjoativo e daqueles que a gente tem vontade de comer para sempre. Para completar, pedi também uma compota de brigatone, que, claro, acabou rapidinho de tão deliciosa.

Tudo é feito com muita atenção. Os docinhos, que conquistam crianças e adultos, e a decoração, uma verdadeira atração para nós, mulherzinhas assumidas. Vale muito a pena visitar. Mas aviso desde já: depois de conhecer, vai dar vontade de voltar sempre. O espírito de gordinha que existe dentro de mim já logo pensou nos ovos de Páscoa que eles devem fazer. Pode pedir agora mesmo?

_________________________________________

Serviço

Pikurruchas Brigadeiros Gourmet

Rua Wanderley, 1612, Perdizes – São Paulo/SP

(11) 2478-1387

De terça a domingo, das 11 às 20h

Facebook: www.facebook/pikurruchas | Instagram: @pikurruchas

 

Fotos: Instagram Pikurruchas

[Resenha] Boé Crece Pelo

mascaracrecepelo

Uma das minhas maiores frustrações é ter cabelos finos.  Meu sonho é poder fazer um rabo de cavalo bem farto, daqueles que precisam de elásticos especiais para dar conta da quantidade de fios. Além da impressão de ter pouco cabelo, meu problema é que eles demoram séculos para crescer. Na verdade, eu nunca consegui fazer com que meus fios chegassem ao meio das costas. Por isso, quando soube da linha de tratamento Crece Pelo da Boé quis comprar na hora e comprovar se ele realmente ajuda no crescimento capilar.

Soube do produto por meio da minha amiga Flavinha, que tem um perfil muito bacana no Instragram: o Flavinha Tips (@flavinhatips). Diariamente, ela posta dicas sobre os mais variados assuntos – moda, beleza, gastronomia – e o mais legal é que ela é super pé no chão e só fala de coisas que são acessíveis para todo mundo. Então quase pirei quando ela postou a foto do creme e disse que ajudou muito no caso dela. Como a conheço há anos e sei que tudo que ela põe lá é de confiança, resolvi arriscar.

Ia procurar na Sumirê e na Ikesaki, mas a vontade de testar era tão grande que eu procurei pela internet e achei à venda na Beijo Pink. A linha Crece Pelo (sim, o nome é bem feio) tem shampoos, condicionares e cremes, mas eu comprei só a máscara de tratamento. Para minha surpresa, o potinho chegou antes do prazo previsto (aliás, super indico esse site!) e já testei no mesmo dia.

O que eu mais gostei é o produto é fitoterápico, ou seja, utiliza plantas e ervas medicinais – tudo bem natureba mesmo – para ajudar no crescimento dos cabelos. O cheirinho é bem gostoso e parece com aqueles chazinhos que acalmam. A aplicação é bem fácil: depois de passar o shampoo e o condicionador, é só pegar um punhado do creme (no meu caso, uma mão cheia) e massagear mecha por mecha, principalmente nas pontas.

A parte mais difícil é que o produto precisa agir por 20 minutos. Então eu deixo para passar de fim de semana, quando dá para ficar tranquila vendo TV ou lendo uma revista enquanto o creme faz efeito. Depois disso, é só enxaguar, retirar bem e deixar secar.

Agora vamos a pergunta que não quer calar: funciona? Estou usando há cinco semanas e notei que meu cabelo cresceu mais rápido. Como eu pinto o cabelo, dá para ver melhor por causa da raiz, que está enorme. Além do comprimento maior, eu percebi que estou com mais cabelos. Sabe aqueles fiozinhos que crescem bem no alto da cabeça? Pois é, estou cheia deles. Mas, no geral, vale muito a pena principalmente porque ele também hidrata.

Não dá para dizer que meu cabelo cresceu muito, mas pelo menos ele ficou com uma boa aparência vai?

Não dá para dizer que meu cabelo cresceu muito, mas pelo menos ele ficou com uma boa aparência vai?

O único ponto negativo é que ao mesmo tempo que cresceu mais rápido, ele também favoreceu o aparecimento de pontas quebradas e fracas. Mas isso acontece com bastante frequência quando fico muito tempo sem cortar o cabelo (estou há quase quatro meses sem ver uma tesoura), então não sei se foi resultado do creme ou uma consequência natural. Mesmo assim, recomendo intercalar o uso com uma máscara de cauterização para selar as pontas.

O pote tem 240g e dura muito. Tanto que faz mais de um mês que estou usando e ainda não acabou. Paguei R$59,90 e foi um superinvestimento, já estou até pensando em comprar outro para guardar de estoque. Indico para todo mundo!

[Resenha] Shampoo seco Batiste

aaaa

Preciso confessar: amo ser loira. E tive a sorte de nascer com cabelos bem clarinhos, que acabaram escurecendo com o passar dos anos. Aos 14, decidi fazer algumas mechas para ver como ficava. E desde então, não parei mais. Quem pinta os fios sabe que é preciso tomar muito cuidado para eles não ficarem secos. Eu já sofri muito com isso, principalmente porque não cuidava tanto. Agora percebo que ele passou do ressecado para o misto. Antes podia ficar dois ou três dias sem lavar os cabelos. Hoje ele só dura um dia. No seguinte, já está com a raiz oleosa. Por isso, resolvi dar uma chance para o tal do shampoo seco.

Para quem não sabe, o produto promete renovar os fios instantaneamente sem precisar passar pelo chuveiro. Quando soube disso, achei um pouco nojento. Se os cabelos estão oleosos é porque teoricamente estão sujos, então imagina o pavor de passar um shampoo em cima de algo sujo e ainda por cima não lavar depois? Mas depois de ouvir tanta gente falar bem, percebi que estava na hora de arriscar.

 A marca mais conhecida é a Batiste, que fez muito sucesso com os produtos no Reino Unido, e trouxe suas maravilhas para o Brasil. Comprei na semana passada e estava com uma amiga que morou na Inglaterra por um ano e disse que era, sim, fantástico. Foi ela, inclusive, que me indicou a versão blush, que tem um cheirinho mais suave e gostoso. Não é que realmente funciona?

Shampoo A Seco Batiste

O que eu mais gostei é que é bem fácil de usar. Basta borrifar o spray a uma distância de 30 cm da raiz e massagear bem, como se fosse um shampoo tradicional. Assim, o produto consegue penetrar em todos os fios. Depois é só pentear e pronto! Confesso que meus cabelos não ficaram volumosos como o da mocinha aí de cima, mas tirou aquela aparência de sujo e desleixado. Dá para sair tranquila sem achar que todo mundo vai ficar te olhando.

Quer saber mais sobre todas as versões dos produtos comercializados no Brasil? Então anote aí:

Um toque castanho: toques de castanho para misturar à cor dos seus fios. Indicado para cabelos intensos e avermelhados.

Original: clássico shampoo seco que faz com que seus cabelos fiquem instantaneamente limpos, frescos, encorpados e macios.

Fresh: refrescante, traz mais espessura e pode ser usado tanto por mulheres quanto por homens.

Blush (minha opção)com perfume feminino, deixa os cabelos mais encorpados e frescos.

Rendas: com aroma vintage, é perfeito para quem busca estilo e elegância.

Existem outras versões vendidas lá fora, então acredito que logo logo chegará por aqui (Oba!). Indico para todo mundo porque é aquele tipo de produto que veio para revolucionar nossa vida. E olha que bacana: as opções original e blush também são encontradas em frascos menores que cabem na bolsa e na nécessarie de viagem. Acredite em mim, você vai querer sempre tê-lo por perto. Eu, pelo menos, já quero comprar mais uns três para fazer estoque. Aprovadíssimo com louvor!

Comprei na Ikesaki do bairro da Liberdade, em São Paulo, e paguei R$ 19,90 – o precinho amigo, aliás, é outro ponto bem positivo!