8 dicas para se dar bem nas liquidações

02-clothing-sale-rack-lgn-70641507

Levante a mão quem nunca ficou tentada a entrar em uma loja só por causa do cartaz que anunciava 70% de desconto em todas as peças. Essas liquidações bombásticas acabam com a gente, não é? Principalmente para quem prometeu viver o ano novo no azul e sem dívidas. Aí logo nos primeiros meses aparecem essas ofertas e lá se vai a promessa. Mas olha, dá para ser muito feliz na hora das compras e fazer investimentos valiosos. Duvida? Dá uma olhada:

1. Avalie se a peça é realmente necessária

clothes

Esse é o primeiro passo. Não é porque aquele vestido incrível está à venda pela metade do preço que vale a pena levá-lo para casa. O segredo é aproveitar os dias livres do final do ano para organizar o armário e tirar todas as roupas que são mais usadas. Se estão pequenas ou se não combinam mais com o seu estilo, faça uma doação. E aproveite para jogar fora as que estão com aqueles rasguinhos ou manchas, afinal, é tempo de renovação. Só assim você saberá quais itens estão em falta no seu guarda-roupa e partir para a temporada de caça.

2. Lembre-se da regra de três

shopping

Vi essa dica enquanto fazia minha pesquisa habitual para este post e achei muito bacana. Consiste em escolher uma peça e avaliar se ela combina com pelo menos três itens que já estão no seu armário. Explico: gostou daquela blusinha bordada? Dá para combinar com usar com calça, saia e casaco? Então, amiga, pode levar que é sucesso. Claro que existe a situação reversa. A calça estampada e cheia de detalhes pode ficar over. Legal, né? Vou levar esse conselho para a vida.

3. Pense, repense e reflita. Mas não demore muito

download

Não sei vocês, mas eu tenho a mania de não comprar algo e ficar dias pensando se vale a pena. O exercício é válido e eu até curto paquerar meu objeto de consumo, só que em alguns casos eu me decido e acabo não encontrando mais aquilo que queria. Na época de liquidações, o perigo é ainda maior. Como a procura é grande e o número de peças menor, a chance de encontrar o mesmo produto por vários dias é muito pequena. Ou seja, pense rápido se a oferta vale a pena, mas não deixe para comprar no dia seguinte.

4. Invista em peças práticas

images

Taí uma fórmula que dificilmente dá errado. E digo por experiência, viu? Comprei um shortinho jeans em uma liquidação há uns dois anos, sem esperar muita coisa, e não é que o safado ainda está lá, lindo, fofo e arrasando em quase todas as minhas produções de verão? Vale investir em blusinhas básicas, calças jeans, saias soltinhas, vestidos com estampas delicadas e até em casaquinhos fininhos. Quer saber se a compra é boa? Pense nas ocasiões em que poderá vestir a roupa. Se a resposta for no dia a dia, desde o trabalho até o jantar, ponto positivo.

5. Peças na moda? Veja se continuarão em alta

O casaco de ursinhos até é fofo, mas está aqui para representar todas as peças nada práticas que já usamos na vida

O casaco de ursinhos até é fofo, mas está aqui para representar todas as peças nada práticas que já usamos na vida

Ai, esse mundo da moda, que sempre nos prega peças. A gente já comprou tantas coisas (que, convenhamos, eram de um gosto bem duvidoso) só porque em algum momento elas eram cool. E olha, de nada adianta pagar baratinho em uma roupa assim se daqui a pouco ela vai virar um entulho no fundo do armário. E ah, logo logo tem troca de estação, então leia bastante e pesquise em sites especializados para saber se aquela tendência continuará em alta nos próximos meses. Quem sabe?

6. Leve alguém para ajudar (ou vá sozinha)

Shopping_with_Friends

Tem gente que precisa da opinião da mãe ou de uma amiga para se decidir. Por outro lado, tem quem fique ainda mais em dúvida e prefira ir sozinha a uma determinada loja. Como liquidações combinam com rapidez e praticidade, pense na alternativa que mais combina com o seu estilo e abrace a causa. Claro que ter outra pessoa por perto é sempre uma boa desculpa para dar boas risadas, mas se for atrapalhar, deixe a diversão para outro dia e curta a própria companhia na hora de arrematar aquela peça.

7. Faça contas para avaliar o desconto

stock-footage-business-and-profit-concept-woman-with-calculator-counting-us-dollar-money

Desconto de 70% é sinônimo de um preço bom? Nem sempre. Aquela peça de grife pode estar mais barata, mas ainda assim é mais cara do que os itens da loja ao lado. Lembre-se que a palavra do dia é qualidade. Foque a atenção no preço original e veja se vale a pena. Não sou boa com números (aliás, sou péssima), mas calcule o desconto para ver se está correto e quais são as condições de pagamento. Sim, querida, algumas peças em oferta não podem ser parceladas. Então, se estiver em dúvida, fuja para outro lugar!

8. Sem espaço para arrependimentos

Nossa amiga Becky Bloom lembra: compras em excesso podem fazer mal

Nossa amiga Becky Bloom lembra: compras em excesso podem fazer mal (mas quem resiste a tantas ofertas?)

Pense rápido: você já pensou em comprar uma peça no tamanho menor, mesmo um pouco apertada, só porque estava na promoção? Achou que era só emagrecer alguns quilinhos que estava tudo resolvido? Vou terminar a história: seu peso não diminuiu e a peça acabou jogada às traças. Na maioria das liquidações, não há o direito da troca. Ou seja, respeite seu estilo e corpo e compre somente aquilo que lhe cai bem. Depois não adianta chorar quando chegar a fatura do cartão, ok?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s