6 dicas para fazer boas compras na Rua José Paulino

rua-jose-paulino-bom-retiro-sp-200174-2

Quem gosta de compras boas e baratas sabe que um dos melhores locais para garantir esse resultado é a Rua José Paulino. A principal via do Bom Retiro, bairro aqui de São Paulo conhecido pelo grande número de confecções de moda, é o destino de muitos turistas que chegam munidos de malas e sacolas para abrigar todas as compras. Mas eu, que sou uma típica paulistana, preciso confessar algo: fazia milênios que eu não ia lá.

Explico: lembro-me de acompanhar minha mãe quando era adolescente e de fazer ótimas compras por lá, mas depois nunca mais fui. Acho que rola aquele preconceito de que roupa boa é só aquela que a gente compra no shopping. Mas nem sempre é assim, viu? Muita coisa que a gente paga caro não tem qualidade compatível com o valor. Comecei a ver algumas fotos de peças compradas lá e acabei me interessando. Afinal, já estava mais do que na hora de voltar. Aproveitei o último sábado, superei a preguiça e o resultado é que eu fiz ótimos negócios. Virei fã e já estou até me programando para ir de novo.

No entanto, é bom seguir alguns passos para voltar feliz para casa. Quer ver só?

1. Tenha em mente aquilo que você quer comprar

Eu fui às compras com um objetivo muito claro: queria peças de inverno que fossem mais bonitinhas. Como gosto de roupas bem coloridas e femininas, tenho a tendência de olhar mais para coleções de verão. Então, me ajudou muito ter esse foco porque já entrava nas lojas procurando determinados itens, como tricôs mais fofinhos. Cheguei a ver regatinhas com ótimos valores, mas preferi me segurar para gastar esse preço com o que realmente precisava. Valeu super!

 IMG_4986

Tricôs: R$ 40 (preto) e R$ 70 (beijinho)

2. Pesquise algumas lojas antes e trace um roteiro

Antes de ir até a José Paulino, pesquisei em alguns sites quais eram as melhores lojas da região para comprar roupas de inverno e aí montei uma listinha. A dica é anotar o número de cada local para não ficar perdida procurando (tipo eu, que esqueci completamente e só anotei o nome das lojas rs…). Claro que nada impede que você faça algumas paradas não programadas para fuçar, mas é importante que você entre em todas as lojas que quer para não passar vontade depois, ok?

3. Tenha paciência e vista roupas confortáveis

Não sei vocês, mas eu sou do time de garotas afobadas que saem pegando as primeiras roupas que encontram pela frente. Mas aí vai um conselho: é bom não fazer isso na José Paulino porque a variedade é enorme e a peça que você encontra em uma loja pode estar mais barata na loja ao lado. Aconteceu isso com uma jaquetinha bomber que eu amei e paguei R$ 50, mas saía por R$ 40 na loja exatamente ao lado. Vale também usar roupas confortáveis, como legging, tênis bom e bolsinha tiracolo porque você vai andar MUITO – e pode chover, como aconteceu comigo.

IMG_4987IMG_4989

Jaqueta bomber R$ 50 e legging montaria R$ 40

4. Estabeleça um preço que você quer pagar nas peças

Uma das principais vantagens de fazer compras na José Paulino é o valor mais atrativo. Então, não adianta nada comprar algo que tenha o mesmo preço de roupa de shopping. Eu estava louca para conhecer a Talita Kume, uma das principais lojas da rua, mas saí de lá sem nada porque os valores eram altos. Na verdade, aqui vale uma outra dica: muitos valores saem mais em conta se forem comprados no atacado. Amei um casaquinho bordado, mas ele era R$ 300 no varejo (!!!) e R$ 120 no atacado. É bom lembrar que, para ser atacado, era necessário comprar três peças.

IMG_4988

Sainha cinza R$ 20

5. Pague com dinheiro sempre que for possível

A gente tem o costume de sair por aí apenas com o cartão de débito ou crédito, mas quem leva dinheiro tem ótimas vantagens na José Paulino. É que muitas lojas não aceitam cartões ou só aceitam dinheiro ou então oferecem descontos para quem paga em cash. As lojas mais refinadas, claro, aceitam qualquer forma de pagamento. Mas, por garantia, leve uma quantia em dinheiro vivo e deixe o cartão para pagar naquelas lojas que você sabe que vai gastar mais.

6. Compre aquilo que acha que vai lhe servir

Mais um conselho ótimo para quem pretende ir: a maioria das lojas não tem provador. Algumas permitem que você prove por cima da roupa (vá de top para facilitar), mas muitas colocam avisos proibindo a prática. Resumindo: tenha em mente suas medidas e tamanhos de roupa e procure comprar somente aquilo que acha que vai servir. E lembre-se: é sempre melhor ajustar uma peça grande do que uma que tenha ficado apertada. Se ficar em dúvida, não leve!

Anúncios

6 comentários sobre “6 dicas para fazer boas compras na Rua José Paulino

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s