O colar ideal para cada decote

Todas as mulheres loucas por acessórios sabem que os colares são capazes de promover aquele detalhe que falta para tornar o look poderoso. Só que a escolha errada pode provocar o efeito contrário, ou seja, chamar atenção demais e desfavorecer toda a produção. Por isso, combinar o colar com a roupa é um hábito que parece simples, mas deve ser feito com muito cuidado. Aí entra a pergunta que não quer calar: como saber que o colar é ideal para o decote?

Pois é, existe um formato certo do acessório para cada tipo de decote. Até as blusas de gola alta, que voltaram a ficar em destaque, podem (e devem) ser embelezadas com um colar específico. Nunca tinha parado para pensar nisso? Então pode ficar calma. Acontece que essa combinação é muito mais simples do que se imagina. Olha só:

Gola careca

careca

Esse nome é dado para as golas mais comuns de blusas e camisetas. É aquela que fica bem próxima do pescoço, básica mesmo sabe? Pois bem, a regra aqui é seguir o formato da roupa, ou seja, como é algo comum, o colar deve ser discreto. Os de tamanho médio são os mais indicados e devem ficar um pouco abaixo do decote para não pesar.

Gola redonda

redonda

Ao contrário da careca, é um pouco mais aberta e deixa parte do colo e dos ombros à mostra. Para valorizar essa região, a dica é escolher um colar curto também redondo e, de preferência, volumoso e colorido. Para acertar de vez, opte por tons neutros que combinam com qualquer roupa e situação.

Gola quadrada

quadrada

Esse tipo de gola não é tão comum e pode deixar muita gente em dúvida na hora de escolher os acessórios. Mas olha que simples: é só combinar com um colar curto, que valoriza o decote, e que siga a mesma geometria da peça. Ficou confusa? Então anote: se o decote for quadrado, o colar também vai ter um pingente de forma quadrada.

Gola alta

alta

E aqui estamos. Afinal, dá para usar colares com blusas de gola alta? Claro que dá. É só escolher modelos bem longos, com várias camadas – ou voltas – para equilibrar o corpo na proporção horizontal. Taí duas peças maravilhosas que combinam superbem e que são a cara do inverno. Aproveite.

Frente única

frente única

Outro modelo que pode deixar muita gente em dúvida. Sem segredos: a proposta da frente única é deixar as costas e os ombros em evidência, então o colar deve ser estreito, de comprimento médio, e com um pingente que siga o desenho do decote – normalmente, blusas e vestidos que seguem esse conceito apresentam decote em V.

Gola canoa

canoa

Sem dúvidas, é o meu decote favorito. Acho tão chique e tão delicado ao mesmo tempo. Para quem não sabe, é aquela gola recortada de ombro a ombro, que deixa a parte superior do colo à mostra. Essa região deve ser valorizada, por isso invista sem medo nos colares longos com várias voltas. Elegância pura!

Camisa com colarinho

gola camisa

Algumas mulheres preferem abrir os botões de cima das camisas, enquanto outras preferem mantê-los fechados. Seja como for, a dica aqui são colares curtos, que devem ser colocados por baixo da gola. Opte por aqueles feitos com pedrarias delicadas que valorizam a peça e ainda proporcionam um toque feminino.

Tomara que caia

tomara que caia

Sem qualquer tecido cobrindo o colo e os ombros, é um decote que esbanja elegância e sofisticação. Por ser algo que já chama a atenção, o colar deve ser discreto. Resumindo: gargantilhas e modelos que ficam próximos ao pescoço são os ideais pois não deixam o visual pesado.

Gola V

gola v

O decote em V é, por si só, algo impactante. O colar, portanto, deve seguir o formato da gola. Modelos pesados, com pedras e metais em formato cascata, funcionam perfeitamente. Opte por correntes mais estreitas, que caibam dentro da blusa.

Gostaram das dicas? Agora ficou mais fácil sair por aí com o colar certo.

Anúncios

2 comentários sobre “O colar ideal para cada decote

  1. Oi Camila!!! amei a dica do colar, mas tenho outra dúvida comprei um vestido de festa curto da Pink e Co, de crochê, preto e com fio prateado, decote redondo….queria saber se cabe um colar já que ele tem esse fio prateado ou se aposto só nos brincos….sou baixinha 1,58, mais cheinha do que magra, mas não estou gorda e tenho 54 anos.

    • Oi, Maria Helena! O fio do vestido fica próximo ao pescoço? Se for como estou imaginando, é melhor não colocar nada e escolher um brinco mais chamativo. Assim não pesa e você consegue deixar o destaque para o vestido. Depois me mostra, pode ser? Obrigada pela visita. Beijos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s