A evolução dos cabelos ao longo de 100 anos

Esse mundo da beleza é mesmo muito estranho. Você certamente já viu fotos da sua mãe quando tinha sua idade e se perguntou como ela foi capaz de usar o cabelo daquele jeito. Mas pode ter certeza de que a sua filha vai fazer a mesma coisa. E olha, nem precisamos ir muito longe. Pense em você mesma há cinco ou dez anos. Seu cabelo era exatamente do mesmo jeito como é hoje? Difícil, não é?

Então, inspirada nesse vídeo fofíssimoresolvi mostrar como os cabelos das mulheres mudaram ao longo do último século. Espia só:

Anos 10 

download

O papel da mulher ainda consistia em ficar em casa cuidados dos filhos. Sem o destaque que mereciam ter, era comum vê-las com vestidos compridos de mangas longas que deixavam poucas partes do corpo à mostra. Os cabelos seguiam essa tendência e eram bem compridos, mas normalmente apareciam em coques e penteados laterais, que deixavam apenas algumas mechas (sempre cacheadas) em evidência.

Anos 1920/1930 

carey

Aqueles vestidões clássicos com cortes retos e marcados apenas no quadril tinham um grande propósito. Tudo porque naquela época, as mulheres estavam brigando para terem mais espaço na sociedade. Só que, para isso, adotaram um visual mais masculino, escondendo o corpo cheio de curvas. O que isso significa? Que os cabelos apareciam bem curtinhos, com ondas bem rentes à raiz. Basicamente, eram os pais dos pixies, estilo que voltou com tudo nos últimos anos.

Anos 1940

elizabeth-taylor-rushed-to

Conquistando um lugar cada vez maior na sociedade, as moças começavam a assumir seus lados femininos. Foi nessa época as pin-ups ganharam força, com roupas justas e decotes generosos. Para deixar o corpo em evidência, os cabelos eram presos com coques no alto da cabeça e próximos à nuca, penteado que virou um ícone de estilo para muitas mulheres

Anos 1950 

maxresdefault

Foi nesse período que nós conhecemos as primeiras divas do cinema, como Rita Hayworth e Marilyn Monroe. Era a era do sexy, explorado em decotes, fendas e vestidos justíssimos (mas muito elegantes).  Além disso, as mulheres usavam e abusavam de caras e bocas para mostrar sua feminilidade. E os cabelos, que antes eram bem curtinhos, agora atingiam o pescoço, com ondas bem volumosas.

Anos 1960

download (1)

Acho que essa é a minha fase favorita, justamente porque as mulheres eram vistas de forma bem delicada e romântica. O lady like ganhou força com vestidos bem rodados e rabos de cavalo bem altos. Mais para o final da década, o movimento hippie mostrou presença e fez com que os cabelos ficassem soltos, ao natural, ou enfeitados com um topetinho no alto da cabeça. Claro que tinham exceções: a modelo Twiggy, por exemplo, conquistou os holofotes com um pixie bem curtinho. Outro caso é o da atriz-diva Audrey Hepburn, que também tinha os fios curtos enfeitados com uma franjinha bem fofa.

Anos 1970 

ss_070926_farrah_tease.blocks_desktop_medium

A era disco fez com que as mulheres se sentissem mais poderosas e com jeitão de diva. Ou seja, hora de apostar em ondas bem marcantes e escovadas por todo o comprimento, que normalmente ficava um pouco abaixo dos ombros. Nessa fase, mulheres negras também passaram a assumir uma onda mais natural, sem vergonha alguma de exibir os fios em estilo black power. Franjas apareciam de todos os jeitos: rente às sobrancelhas ou jogadas de lado. Tinha ainda o grupo que preferia dividir as mechas ao meio.

Anos 1980 

14-Cyndi-Lauper

A era punk representou uma quebra nos padrões que apareciam até então. A mulher agora deixava de lado a feminilidade e mostrava um lado rebelde. Foi aqui que começaram a surgir os cabelos coloridos, pintados de rosa, azul, verde e por aí vai. Fios frisados também ganhavam força e ajudavam a dar o toque final em vários penteados. O corte normalmente ficava acima dos ombros e era visto em coques laterais.

Anos 1990 

90s-hair-our-loves-loathes-jennifer-aniston-05

Depois de muitas décadas marcadas por cabelos ondulados, o liso finalmente ganhou destaque. Há 25 anos, era bacana sair por aí com os fios beeeeem chapados. Tinham dois modos de compor o visual: as fãs de música grunge usavam os cabelos soltos sem muitos acabamentos, enquanto as vaidosas arrematavam a produção com franjas laterais e fivelas ou tiaras em uma pegada bem girlie.

Anos 2000

Jennifer_Lopez_-_If_You_Had_My_Love

Na primeira metade da década, o liso ainda era tendência. Dessa vez, os cabelos apareciam divididos ao meio com pouco volume e movimento. Houve um curto período em que as franjinhas bem encorpadas voltaram a ficar em alta. Era legal ter fios bem compridos e próximos da cintura. Já nos últimos anos, as ondas apareceram e o comprimento diminuiu. Ainda bem!

Anos 2010

gisele-bundchen-wavy-hair

Hoje é muito difícil encontrar alguém com aquele cabelo lisão e totalmente chapado dos anos 1990. A década em que vivemos tem a missão de propor fios mais naturais. Justamente por isso, temos uma mistura incrível de estilos. Negras, por exemplo, começaram a assumir seus cachos, enquanto a chapinha aparece mais para modelar do que alisar os fios. As ondas das divas dos anos 1940 e 1950 vieram com força total. Os cortes? Bom, são cada vez mais curtos. O long bob, que fica poucos dedos abaixo dos ombros, é a sensação do momento.

Gostaram de viajar no tempo da beleza? Resta aguardar para ver o  que teremos nos próximos anos.

Anúncios

4 comentários sobre “A evolução dos cabelos ao longo de 100 anos

  1. Até o cabelo dos anos 10,tem um charme super feminino né? A evolução é bem legal,mais gosto da época em que as mulheres eram bem femininas,e adoravam acessórios ,ainda bem que muita coisa voltou nesta linha do tempo 🙂 beijos

  2. Pingback: A história do batom | Fik Dik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s