Exposição Castelo Rá-Tim-Bum: eu fui

IMG_6654

Apesar de ter apenas seis anos em 1994, eu me lembro muito bem do que dia da estreia de “Castelo Rá-Tim-Bum”. Lembro de estar na rua com a minha mãe e querer voltar correndo para casa porque o programa ia começar. E, de fato, foi um verdadeiro sucesso. Qualquer pessoa que tenha crescido no anos 90 sabe quem é Nino, Biba, Pedro, Zequinha, Morgana, Penélope, Celeste e outros moradores do Castelo. Esse é apenas um dos motivos que explicam as filas quilométricas que a exposição – em cartaz no Museu da Imagem e do Som (MIS) – que comemora os 20 anos de programa (sim, estamos velhas!) recebe todos os dias.

Eu já imaginava que a procura seria grande, então comprei o ingresso pela internet logo quando começaram as vendas. Em questão de minutos, as datas foram se esgotando e eu só consegui achar ingresso para o dia 17 de agosto. Foi terrível ver todos os meus amigos tirando fotos e dizendo o quanto era incrível enquanto só me restava aguardar, mas a espera valeu muito a pena. Chegamos hoje cedo para retirar os convites sem fila alguma e a atendente disse que poderíamos entrar em qualquer horário. Por isso, se você ainda pretende ir, fique de olho porque o MIS libera, a cada tanto, um novo lote de ingressos pela internet. Ok, tem um valor um pouco mais caro, mas vale pela certeza de que você conseguirá conferir cada detalhe.

O mais bacana é que você tem a possibilidade de fazer parte do castelo, já que os cenários do programa foram recriados no espaço. Cada sala é dedicada a um ambiente da mansão mais mágica do Brasil. Como não poderia deixar de ser, a exposição começa com o porteiro. Assim que as portas se abrem, você já consegue ouvir a característica música de abertura. E logo o protagonista Nino aparece, em uma transmissão holográfica, e diz que está feliz por te receber. (Muito fofo ♥)

E aí começa a caminhada pelos ambientes do castelo. Dá só uma olhada:

IMG_6663

IMG_6664

O primeiro ambiente é a biblioteca e logo de cara encontramos o Gato Pintado. O espaço é interativo: ao puxar alguns livros, você ouve uma voz como se o próprio livro se apresentasse.

IMG_6673

A segunda sala é o laboratório dos cientistas Tíbio e Perônio. Até o esqueleto de dinossauro foi incluído no espaço.

IMG_6683

O próximo espaço é o escritório do Dr. Victor. A cada tanto, a sala começa a piscar e ouve-se o famoso bordão do personagem: “Raios e trovões”. Lá também encontramos as botinhas roqueiras Tap e Flap.

ea4b73ee5e770c05bf2455179c960e47

IMG_6685

O esconderijo do Mau e do Godofredo é tão bem feito que o chão é cheio de baratas (de mentira, claro!).

IMG_6691

IMG_6693 IMG_6696

A sala de música é um dos ambientes mais legais. Tudo está lá, o circo, a caixinha de música, o piano, as poltronas originais do castelo. É muito lindo!

IMG_6704

IMG_6708

O próximo ambiente é dedicado ao Etevaldo e, antes de encontrar a roupa original do personagem, passamos por um caminho que simula o espaço. O chão treme de verdade e causa a sensação de que você vai cair. Logo depois chegamos à cozinha. Eu amei, principalmente pela perfeição de detalhes.

IMG_6745

IMG_6750

IMG_6753

Depois de visitar a Caipora, que fica no jardim atrás da cozinha, vamos para o salão principal. É tão mágico que eu vou deixar as fotos explicarem:

IMG_6779

IMG_6788

Esse espaço é dedicado para as cartinhas que os fãs do programa enviaram. Morri de amores!

Esse espaço é dedicado para as cartinhas que os fãs do programa enviaram. Morri de amores!

É quase obrigatório fazer uma selfie com a cobrinha Celeste (minha personagem favorita)

É quase obrigatório fazer uma selfie com a cobrinha Celeste (minha personagem favorita)

IMG_6824

Próxima parada: quarto da Morgana (e pausa para mais uma selfie com a Adelaide, que eu também amava!). Apesar de não ser muito grande, tem espaço para o caldeirão e o figurino original.

IMG_6832

IMG_6837

IMG_6840

As duas últimas salas são bem concorridas e quase ninguém sai sem tirar pelo menos uma foto: o ninho dos passarinhos (“que som é esse?”) e o lustre das fadinhas Lana e Lara.

IMG_6851

IMG_6853

IMG_6861

IMG_6859

E aí, deu vontade de conhecer também? Então aproveite porque a exposição fica em cartaz até o dia 12 de outubro. Mas lembre-se de que as filas estão imensas e os ingressos de cada dia costumam acabar ainda de manhã. Programe-se, acorde bem cedo e tenha muita paciência. Eu garanto: vale muito a pena 😉

________________________________________________

Serviço:

Castelo Rá-Tim-Bum – A Exposição

Museu da Imagem e do Som (Mis) – Avenida Europa, 158, Jardim Europa – São Paulo/SP

Horários: Terça a sexta, das 12h às 21h; Sábado, das 10h às 22h; Domingos e feriados, das 10h às 20h

Preço: R$ 10

Tel: (11) 2117-4777

http://www.mis-sp.org.br

Anúncios

4 comentários sobre “Exposição Castelo Rá-Tim-Bum: eu fui

  1. Pingback: Na onda das food trucks: Butantan Food Park | Fik Dik

  2. Pingback: 9 motivos que fizeram 2014 ser o melhor ano da sua vida | Fik Dik

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s