Páscoa sem exageros

páscoa 1

O feriado mais doce do ano está prestes a começar! Além de comer muito chocolate, é época de reunir a família e promover almoços fartos. Ou seja, serão três dias (quatro neste ano, já que a Páscoa coincidiu com a folga de Tiradentes na segunda) de muita comida. É claro que ninguém precisa se sacrificar e deixar de comer alguma delícia da época, mas dá para passar pelo período de comilança sem se sentir mal depois. Como? Veja abaixo:

Chocolate
É praticamente impossível não comer um ovo de Páscoa. Com a infinidade de opções, a vontade é ainda maior. Mas não se engane: os recheados são os mais calóricos. Por mais que a tentação seja grande (e põe grande nisso), deixe-os de fora e invista nos feitos com chocolate amargo ou meio amargo. Eles possuem antioxidantes que cuidam da saúde do coração. Prova de que nem todo doce é vilão, viu só? Se a tarefa ainda parecer difícil, aposte no tradicional ao leite.

Quando comer: a melhor hora para se deliciar é após o almoço ou durante a tarde, quando a fome e o risco de exagerar são menores. E nada de comer um ovo inteiro. Um pedaço pequeno é mais do que suficiente.

Versões diet: sim, eles possuem menos açúcar. Mas podem ser tão gordurosos quanto os tradicionais. Por isso, fique atenta ao valor nutricional que vem na embalagem. Para não fazer mal à saúde, é importante que o doce tenha de 50 a 70% de cacau na composição.

Páscoa 2

Almoço light
Sexta-feira Santa combina com o tradicional almoço em que o bacalhau é o protagonista. Se você ficou com água na boca, pode preparar seu prato sem medo: o alimento é de fácil digestão e rico em vários minerais, como fósforo e ferro. Quer mais? Ele é uma das maiores fontes de ômega 3, que reduz o colesterol e ajuda a combater doenças cardiovasculares.

Páscoa 3

Você não come peixe: eu também não. Por isso, as minhas sextas de Páscoa sempre foram movidas a macarrão. Se esse for o seu caso, lembre-se de que, teoricamente, nós não podemos comer carne vermelha nesse dia. Então o jeito é ir de frango ou massa levinha (pode ser integral) com molho suave (tomate e cogumelos são ótimas opções).

Fotos: Pinterest

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s